11.1 C
Castelo Branco
Terça-feira, Maio 24, 2022
No menu items!
InícioRegionalPROENÇA-A-NOVA: Reconversão de áreas florestais iniciada nas aldeias de Vale de Água...

PROENÇA-A-NOVA: Reconversão de áreas florestais iniciada nas aldeias de Vale de Água e Galisteu

As aldeias do Vale de Água e do Galisteu receberam na passada sexta-feira, dia 25 de março, a primeira de duas tranches de árvores a serem entregues à população.

No âmbito do projeto ‘Condomínio da Aldeia – Programa de apoio às aldeias localizadas em territórios de floresta’, uma iniciativa da Direção-Geral do Território, apoiada pelo Fundo Ambiental, com a intenção de reconverter áreas florestais em áreas agrícolas, localizadas na faixa dos cem metros de proteção em redor do aglomerado populacional.

Num investimento a rondar os 31 000€, serão, no total, distribuídas cerca de 19 000 árvores entre os habitantes destas populações.

João Lobo, presidente da Câmara de Proença-a-Nova, refere que “esta iniciativa se insere naquilo que tem sido a estratégia do município na reformulação e ordenamento da nossa floresta e território.”

O autarca aponta ainda que “estas ações do Condomínio da Aldeia são uma das variáveis de uma equação maior, que assentam noutras ferramentas que estão agora desenhadas para se virem a realizar em ações do território, nomeadamente as áreas de intervenção de gestão da paisagem (AIGP) e os mosaicos florestais. É, portanto, imperativo que proprietários, administração local e administração central convirjam naquilo que são as soluções para, de facto, a traduzirmos na floresta que queremos”.

A quantidade de árvores a ser distribuída por cada habitante foi calculada tendo em conta os metros quadrados dos terrenos de cada um, de forma a garantir uma distribuição justa e equitativa por toda a população.

Algumas das árvores listadas não chegaram ainda nesta primeira fase, por indisponibilidade do Viveiro que fornece as árvores, sendo presumível que as possam chegar por volta do mês de outubro.

Fazem também parte deste projeto as aldeias das Giesteiras e Sobrainho dos Gaios, (à responsabilidade da União de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira) Corgas e Malhadal(responsabilidade da União de Freguesias de Proença-a-Nova e Peral).

A aldeia das Fórneas já recebeu apoio no ano de 2020, tendo sido a primeira a iniciar esta reconversão.

No âmbito deste projeto, no ano de 2022 o Município irá candidatar os seguintes condomínios: Vale Porco e Parque Empresarial, Montinho e Zona Industrial de Proença-a-Nova; Ribeiro de Gomes, Zona Industrial de Sobreira Formosa e Cunqueiros; Vale da Ursa e PEPA (Parque Empresarial de Proença-a-Nova).

Frisar que estas propostas carecem ainda de aprovação, tratando-se simplesmente de uma vontade expressa pelo Município.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: