10.3 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Maio 25, 2022
No menu items!
InícioRegionalCIMBB promove reuniões técnicas da comissão sub-regional de gestão integrada de fogos...

CIMBB promove reuniões técnicas da comissão sub-regional de gestão integrada de fogos rurais da Beira Baixa

A Comissão Sub-regional de Gestão Integrada de Fogos Rurais da Beira Baixa reuniu a nível técnico no passado dia 22 de março, pela segunda vez, no seguimento da reunião deliberativa que ocorreu em 26 de Janeiro,onde foi constituída a Comissão Sub-regional de Gestão Integrada de Fogos Rurais da Beira Baixa.

O Decreto-Lei n.º 82/2021, de 13 de outubro, que estabelece o Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais (SGIFR) concretizou a criação do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais (SGIFR) e desta forma a implementação de uma parte relevante das reformas estruturais na área da gestão dos fogos rurais.

As reuniões Técnicas da Comissão Sub-regional de Gestão Integrada de Fogos Rurais da Beira Baixa decorrem nas instalações da CIMBB, e são presididas pela Coordenador Regional do Centro da AGIF, Rui Xavier, em articulação com a CIMBB.

Nas duas reuniões técnicas já realizadas, participaram diversas entidades com competências na gestão integrada de fogos rurais no território da Beira Baixa, como a Direção Regional da  Conservação da Natureza e Florestas do Centro (ICNF), a Agência para a Gestão Integrada de Fogos Florestais (AGIF), a Autoridade Nacional Emergência Proteção Civil (ANEPC), os Municípios da CIM da Beira Baixa, a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DFRAPC), a E-redes, a REN, as GNR, PSP a Liga dos Bombeiros, a AFOCELCA, a CERTIFLORBEIRA – Associação para a Certificação Florestal da Beira Baixa (ACFBB), a Altice Portugal,  a Direção Geral de Alimentação e Veterinária, a Infraestruturas de Portugal e o Instituto Politécnico de Castelo Branco.

Durante a primeira reunião foi apresentado pela AGIF o modelo de Governação, Planeamento e Programação do Sistema Gestão Integrado Fogos Rurais, através do seu desdobramento no território com quatro novos níveis territoriais (nacional, regional, sub-regional e municipal).

Em termos de competências cabe à Comissão Sub-regional articular a atuação das entidades públicas e privadas com competências ou responsabilidades em matéria de gestão integrada de fogos rurais, e elaborar o Programa Sub-regional de Ação.

Na segunda reunião os representantes das Entidades definiram os projetos a incluir no Plano sub-regional, tendo em consideração os objetivos estratégicos nacionais e a realidade sub-regional, definindo assim as prioridades da região, num trabalho colaborativo das entidades representadas na Comissão.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: