23.9 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Maio 25, 2022
No menu items!
InícioDesportoNuno Borges e Gastão Elias vencem e marcam encontro na segunda ronda...

Nuno Borges e Gastão Elias vencem e marcam encontro na segunda ronda do Oeiras Open

  • Maiato venceu batalha com Pedro Sousa, lourinhanense estendeu série vitoriosa de forma autoritária

  • Portuguesas afastadas nos pares das Oeiras Femininas Abertas

Quase um ano depois do último encontro, também no Complexo de Ténis do Jamor, os portugueses Nuno Borges e Gastão Elias vai voltar às forças.

Desta vez, na segunda ronda do quadro principal de singulares do Oeiras Open 2, o segundo torneio do ATP Challenger Tour que a Federação Portuguesa de Ténis organiza com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras.

Já no Oeiras Ladies Open, um ITF W80, como representantes lusas foram travadas na primeira ronda de pares, apesar de boas réplicas.

Atual 143,º classificado no ranking mundial, Nuno Borges seguiu para a segunda ronda das Oeiras Abertas 2 ao sair por cima do encontro mais aguardado do dia, graças aos parciais de 4-6, 7-5 e 6-3 sobre o compatriota Pedro Sousa (284,º).

Num duelo de muita qualidade entre dois portugueses de gerações diferentes que estão frente a frente pela primeira vez, a lisboeta de 33 anos não andou longe da vitória em dois sets.

Mas o maiato, oito anos mais novo, mais rodado e em melhor forma, foi o melhor nos momentos-chave a partir do nono jogo do segundo parcial e conseguiu inverter o tempo o rumo dos acontecimentos.

Francisca Jorge e Matilde Jorge

“O resultado explica o encontro. Foi muito complicado do início ao fim e teve várias fases. Estou muito contente por ter sido eu a sair por cima, porque poderia perfeitamente ter caído para o lado dele. O Pedro causa dificuldades que os outros jogadores não causam e quando ele está bem de fundo não vejo ninguém neste torneio, nem nos que temos jogado, que lhe fez frente, por isso tive de procurar soluções para as dificuldades que eu apresentou”, reconheceu Borges, que logo a seguir admitiu já não esperar surpresas parte de Gastão Elias, o seu próximo adversário: “A não ser que ele troque a raqueta de mão, já estou ciente bastante do que aí vem.

Campeão do Oeiras Open 1 no domingo, dia em que se tornou no recordista português de títulos de singulares no ATP Challenger Tour, o jogador de Lourinhã (173,º ATP) teve uma primeira ronda confortável e desenvencilhou-se do alemão Sebastian Fanselow (396.º) — a viver em Portugal há cerca de dois anos — em duas partidas, parciais de 6-1 e 6-2.

“Consegui que fosse um jogo mais ou menos tranquilo, de pouca duração, e isso é positivo para o meu corpo. Pode ser que lá mais para a frente fachada diferença total de horas jogadas e pelo total de quilómetros corridos por pers”, considere Elias, que na semana passada já tinha elogiado Borges: “Tenho sempre algumas dificuldades em adaptar-me ao jogo dele, sinto que encaixa no meu. Para ganhar com certeza que terei de ir buscar soluções. Se bem que ele é um jogador completo, não é fácil encontrar um buraco.”

Marcado para quinta-feira (antes defrontam-se nos pares), o encontro colocará frente-a-frente os únicos representantes portugueses ainda em prova na variante de singulares, que se despediu de Tiago Cação e João Domingues.

Logo pela manhã, o tenista de Peniche (número 540 mundial) não conseguiu contrariar o brasileiro Óscar José Gutierrez (320.º) — responsável pelas derrotas de Jaime Faria e Henrique Rocha na fase de qualificação — e perdeu por 6-2 e 6-3.

A seguir, João Domingues (301.º) foi travado pelo húngaro Zsombor Piros (227.º), que confirmou a boa forma e venceu por 6-3 e 6-3.

No Oeiras Ladies Open, torneio internacional feminino dotado de 80.000 dólares em prêmios em dinheiro, como tenistas portuguesas despediram-se dos pares.

Inês Murta e a espanhola Jessica Bouzas Maneiro deram muito trabalho a Justina Mikulskyte e Anna Siskova, que só venceram por 7-5, 2-6 e 10-6, e depois também Francisca Jorge e Matilde Jorge estão perto de perto de 6-4, no caso como surpreender as primeiras cabeças de série Katarzyna Piter Kimberley e Zimmermann, mas saiu derrotadas com os parciais de 6-4, surpreenderam as primeiras cabeças da série Katarzyna Piter Kimberley e Zimmermann, mas saiu derrotadas com os parciais de 6-4, 6-7(5) e 10-7.

A fechar o dia, Ana Filipa Santos e a brasileira Ingrid Gamarra Martins cederam por 7-5 e 6-1 para as espanholas Cristina Bucsa e Georgina Garcia-Perez.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: