7.8 C
Castelo Branco
Terça-feira, Maio 24, 2022
No menu items!
InícioDesportoGastão Elias continua a vencer e apura-se para as meias-finais do Oeiras...

Gastão Elias continua a vencer e apura-se para as meias-finais do Oeiras Open 2

  • Borges e Cabral alcançam segunda final de pares seguida

  • Oeiras Ladies Open com semifinalistas de singulares e finalistas de pares definidas

O português Gastão Elias qualificou-se, esta sexta-feira, para as meias-finais de singulares do Oeiras Open 2, torneio do ATP Challenger Tour organizado pela Federação Portuguesa de Ténis no Complexo Desportivo do Jamor, com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras.

Em pares, Nuno Borges e Francisco Cabral apuraram-se para a segunda final consecutiva.

E no Oeiras Ladies Open ficaram conhecidas as semifinalistas de singulares e as finalistas de pares.

Cinco dias depois de ter conquistado o nono título da carreira em Challengers, Gastão Elias (173.º) deu mais um passo em direção à dezena de troféus de campeão ao superar uma batalha exigente com o húngaro Zsombor Piros (227.º), pelos parciais de 6-4, 5-7 e 6-3, após 2h20.

Num dos melhores duelos do torneio e com boa casa a apoiá-lo, o tenista português de 31 anos resistiu à carga física e à surpreendente abordagem ofensiva da parte do magiar — sólido dos dois lados do court, criativo e sem grandes buracos para explorar.

Elisabetta Cocciaretto

Foi a oitava vitória consecutiva no Oeiras Open, a que se juntam outras cinco na anterior passagem pelo Jamor, em maio de 2021.

“Sinto-me bastante bem, muito feliz. Em certos momentos achei que poderia acabar da pior maneira, estava bastante cansado do encontro de ontem e já do de hoje, que começava a ficar longo, mas o positivo é que me mantive mentalmente estável, tentei arranjar soluções e apesar de não ter feito o meu melhor jogo saio daqui com uma vitória, que é o mais importante”, afirmou em conferência de imprensa, após marcar encontro com Zdenek Kolar.

O checo (número 150 do ranking e segundo cabeça de série), que também precisou de três partidas para seguir em frente — ultrapassou o búlgaro Dimitar Kuzmanov (208.º) por 6-1, 0-6 e 7-6(6) —, levou a melhor no último duelo com Gastão Elias, na final do primeiro Oeiras Open de 2021, pelo que o reencontro deste sábado dará ao português a possibilidade de desforra.

“Ele também tem a parte física como ponto forte e nunca desiste de nenhum ponto. Luta sempre até ao fim, portanto vai ser mais um bom teste. Espero e sei que desta vez também vou contar com a ajuda do público, depois de infelizmente não ter tido essa oportunidade no ano passado, e espero que os astros se alinhem para que amanhã consiga aguentar mais um dia”,comentou Elias, enquanto Kolar demonstrou admiração pelo percurso do tenista da casa e deixou garantias de conseguir recuperar após uma jornada dupla — também venceu em pares.

A outra meia-final de singulares do Oeiras Open 2 colocará frente a frente Jozef Kovalik, 181º do ranking ATP e campeão do Maia Open em 2019, e Alessandro Giannessi (178.º).

O eslovaco superou o checo Lukas Rosol (272.º e antigo 37.º) por 7-6(6) e 6-2, enquanto o italiano levou a melhor sobre o australiano Christopher O’Connell (153.º) por 6-4 e 6-4.

Nuno Borges e Francisco Cabral a um passo da “dobradinha”

Mais perto ainda da conquista de um segundo título consecutivo estão Nuno Borges e Francisco Cabral.

Primeiros cabeças de série, o maiato e o portuense eliminaram o romeno Vlad Victor Cornea e o alemão Fabian Fallert, por 6-4 e 6-4, e qualificaram-se para a final de pares do Oeiras Open 2, a 10.ª das respetivas carreiras no ATP Challenger Tour — todas nos últimos 12 meses.

 

Zdenek Kolar e Adam Pavlasek, responsáveis pela eliminação dos segundos favoritos, Marco Bortolotti e Arjun Kadhe, com 6-2 e 7-5, são os tenistas que separam Borges e Cabral de um oitavo título a este nível.

Gastão Elias

Oeiras Ladies Open com quartetos definidos

Ainda na terra batida do Jamor, o Oeiras Ladies Open ficou mais perto de conhecer as campeãs da edição de 2022 do torneio, este ano elevado à categoria de 80.000 dólares.

Nos singulares, a jornada começou com o triunfo de Viktoriya Tomova (107.ª WTA) sobre Fiona Ferro (132.ª e ex-top 40), por autoritários 6-2 e 6-1, e prosseguiu com a vitória de Yuliya Hatouka (225.ª) sobre a qualifier Cristina-Andreea Mitu (733.ª), que estarão frente a frente numa das meias-finais.

Na metade oposta do quadro haverá uma qualifier entre as semifinalistas, a italiana Elisabetta Cocciaretto (233.ª), responsável pela eliminação de Natalija Stevanovic (275.ª) por 6-3 e 6-3, que discutirá o acesso ao encontro decisivo com Dalma Galfi (97.ª).

A húngara, única cabeça de série a chegar aos quartos de final, superou esta ronda com um triunfo por 7-6(7) e 6-4 sobre Anna Blinkova (136.ª) no último duelo do dia.

Nos pares, a final, marcada para as 13 horas de sábado, colocará frente a frente as primeiras cabeças de série, Katarzyna Piter (Polónia) e Kimberley Zimmermann (Bélgica), com as responsáveis pelo afastamento das segundas favoritas, Katharina Gerlach (Alemanha) e Natalija Stevanovic (Sérvia).

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: