7.8 C
Castelo Branco
Terça-feira, Maio 24, 2022
No menu items!
InícioRegionalPolitécnico da Guarda integra projeto de 16,5 milhões

Politécnico da Guarda integra projeto de 16,5 milhões

Capacitar população ativa

O “Livingthe Future Academy”pretende criar e reforçar parcerias com empresas das regiões envolvidas, entre as quais a da Guarda, e promover formações no âmbito dos impulsos jovem-STEAM (Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática) e adultos. O projeto é liderado pela Universidade de Coimbra e, para além do IPG, conta com 104 parceiros e nove ‘clusters’ envolvendo mais de 300 associados,

O Instituto Politécnico da Guarda – IPG integra um projeto de 16,5 milhões de euros que prevê a capacitação global de 8 mil a 12 mil pessoas, através de nove novos cursos de licenciatura e mestrado e, sobretudo, uma centena de cursos curtos, não conferentes de grau, dedicados às soft skills, articulados com empresas da região.

O “Livingthe Future Academy” é liderado pela Universidade de Coimbra e financiado pelas verbas europeias do Plano de Recuperação e Resiliência – PRR.

“É essencial fortalecer os recursos e as empresas da nossa região para a sua entrada em modelos de Economia 4.0”, afirmou Joaquim Brigas, presidente do IPG, na cerimónia em Coimbra que assinalou o início do projeto. “O Politécnico da Guarda está hoje orientado para três missões: integrar o maior número possível de pessoas no ensino superior; valorizar e qualificar a mão de obra que trabalha nas organizações e nas empresas da nossa área de influência em Portugal e na Lusofonia; e valorizar os territórios do Interior, tornando os seus bens e os seus serviços mais competitivos no mercado global”.

O projeto “Livingthe Future Academy” tem como objetivo reforçar parcerias com empresas competitivas e atrair quadros a meio das suas carreiras profissionais para o ensino superior, através da capacitação e formação de técnicos em áreas como as tecnologias digitais, soluções de engenharia ao serviço do aprovisionamento, do fabrico, da robótica e da automação de sistemas industriais, em articulação com empresas e recursos da região.

“Um motor de coisas novas”

O “Livingthe Future Academy” prevê também o estabelecimento de parcerias com órgãos da administração local e regional, empresas, incubadoras, clusters competitivos, associações industriais, organizações públicas e privadas, ordens profissionais e instituições de ensino superior estrangeiras.

“Este projeto não assenta em edificado, mas em qualificações”, afirmou Amílcar Falcão, reitor da Universidade de Coimbra, na cerimónia de assinatura do Protocolo de Colaboração em Coimbra.

“Este projeto fará a diferença e será, certamente, um motor de coisas novas, mantendo o respeito pela individualidade, pela territorialidade e por cada uma das instituições envolvidas”, como o Politécnico da Guarda.

O projeto é liderado pela Universidade de Coimbra em co-promoção com o IPG, pela Universidade dos Açores, pelo Instituto Politécnico de Viseu e pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.

Conta também com 104 parceiros e nove ‘clusters’ envolvendo mais de 300 associados.

Foi apresentado no dia 11 de abril e terá a duração necessária para o cumprimento integral do protocolo.

“Esperemos que este projeto, pelo seu sucesso, seja apenas a primeira de muitas parcerias inovadoras que se venham a realizar no futuro, afirmando o ensino superior como uma alavanca estratégica para o desenvolvimento de Portugal nesta década 2020-2030!”, afirmou Joaquim Brigas no final da sua intervenção em Coimbra.

*Foto de capa: Joaquim Brigas, presidente-IPG; Amílcar Falcão, reitor da UC e José dos Santos Costa, presidente do Politécnico de Viseu

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: