7.8 C
Castelo Branco
Terça-feira, Maio 24, 2022
No menu items!
InícioDesportoFrancisca Jorge e Matilde Jorge terminam como vice-campeãs do Magnesium-K Active Ladies...

Francisca Jorge e Matilde Jorge terminam como vice-campeãs do Magnesium-K Active Ladies Open

Final de singulares entre Shnaider e Di Giuseppe

As irmãs Francisca Jorge e Matilde Jorge terminaram o Magnesium-K Active Ladies Open como vice-campeãs.

Na final deste sábado, as portuguesas foram derrotadas pelas espanholas Jessicas Bouzas e Guiomar Maristany com uma reviravolta.

O ITF de 25.000 dólares que a Federação Portuguesa de Ténis e o Clube Escola de Ténis de Oeiras (CETO) organizam, com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras, termina domingo com a decisão de singulares entre Diana Shnaider e Martina Di Giuseppe.

Diana Shnaider

Lado a lado numa final do circuito internacional pela segunda vez (foram vice-campeãs em Loulé em outubro de 2021), Francisca Jorge e Matilde Jorge exibiram-se a um bom nível e estiveram encaminhadas para a vitória, mas não conseguiram segurar a vantagem de um set e um break e cederam por 3-6, 6-4 e 10-8 para a dupla espanhola, após 1h44.

“Saímos com sensações boas. Hoje foi quase, jogámos muito bem e tivemos a maior parte do tempo por cima do resultado e mesmo por cima do encontro. Estávamos a ser superiores, mas elas começaram a ‘encaixar’ e o encontro ficou mais duro. Tínhamos de ser mais determinadas, tentar forçar e manter o tipo de jogo que estávamos a fazer, a fechar mais pontos da rede em vez de entrar no jogo delas, mas acho que estivemos bem e temos de sair do torneio com uma boa aura”, afirmou Francisca Jorge, de 21 anos.

Matilde Jorge, de 18 anos, concordou: “O que fez a diferença foi termos entrado no jogo delas em vez de continuarmos com o nosso, que era à rede.”

Para as espanholas, a campanha foi inesperada — nunca tinham sequer jogado lado a lado — e resultou no segundo título de Maristany (que em singulares já tinha vencido em Portugal, em Palmela) e no primeiro de Bouzas.

Na variante de singulares, o título será discutido entre Diana Shnaider (693.ª WTA) e Martina Di Giuseppe (286.ª).

Shnaider, de apenas 18 anos e ainda número cinco mundial de juniores (tem dois títulos do Grand Slam em pares e quer conquistar o primeiro em singulares neste 2022), registou uma vitória convincente frente à alemã Katharina Gerlach (terceira cabeça de série fruto do 223 posto no ranking), por 6-4 e 6-2.

Di Giuseppe, que é a sétima pré-designada, teve uma tarefa mais difícil e precisou de três partidas para derrotar a amiga — e parceira de aquecimento antes do encontro — Giulia Gatto-Monticone (289.ª), com os parciais de 3-6, 6-0 e 6-1, num duelo em que a mais experiente acusou em demasia o desgaste físico.

Marcada para as 11 horas de domingo, a final do Magnesium-K Active Ladies Open será um verdadeiro duelo de gerações.

Se vencer, Diana Shnaider conquistará o segundo título da carreira profissional e mais importante, visto que o primeiro foi num 15.000 dólares.

Já Martina Di Giuseppe, entrará em ação numa final pela primeira vez desde outubro de 2018 à procura do oitavo troféu de campeã entre 15 decisões.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: