15 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Maio 26, 2022
No menu items!
InícioRegionalProjeto de investigação quer melhorar os mecanismos de gestão de risco em...

Projeto de investigação quer melhorar os mecanismos de gestão de risco em áreas transfronteiriças em situações de emergência

Os primeiros resultados do projeto VESPRA (Vulnerable Elements in Spain and Portugal and Risk Assessment), no qual participa uma equipa de investigadores da Universidade de Coimbra (UC), vão ser apresentados, no próximo dia 27 de abril, no auditório do Centro Ciência Viva da Floresta, em Proença-a-Nova.

O projeto VESPRA, financiado pelo Mecanismo Europeu de Proteção Civil (DG ECHO), é coordenado pela empresa espanhola Meteogride tem como parceiros a INFOEX da Junta de Extremadura e a Universitat Politècnica de Cataluña (UPC), também de Espanha, a Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), a Universidade de Aveiro (UA) e a Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), em Portugal.

O objetivo «é melhorar os mecanismos de gestão de risco em áreas transfronteiriças em situações de emergência. Para tal, está a ser desenvolvida uma ferramenta para analisar e avaliar a vulnerabilidade de elementos localizados em regiões transfronteiriças relativamente aos riscos selecionados, nomeadamente incêndios florestais, inundações, dispersão de nuvens de poluentes industriais e nucleares e eventos climáticos severos», referem os responsáveis do projeto.

Esta ferramenta, acrescentam os cientistas da ADAI, «será disponibilizada numa plataforma de acesso livre que permitirá que as atividades de prevenção e resposta a eventos sejam realizadas de forma integrada e harmonizada por diferentes entidades de diferentes países».

Na sessão, que tem início às 9h30m, vão ser apresentadas as versões preliminares da ferramenta e plataforma desenvolvidas no projeto, «demonstrando a sua aplicação para as áreas abrangidas pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) e pela Região Autónoma da Extremadura espanhola», afirma a equipa do VESPRA.

Após a apresentação, segue-se um debate que pretende compreender as expectativas dos potenciais utilizadores relativamente ao projeto, a fim de adaptar o desenvolvimento da ferramenta e da plataforma às necessidades reais.

A participação é gratuita, mas requer inscrição prévia em (https://forms.gle/JNDknRFsjUMuVBMQ9).

A agenda da sessão é a seguinte:

Período Tópico
09:30 – 09:50 Abertura
09:50 – 10:00 O Projeto VESPRA
10:00 – 10:10 A abordagem seguida
10:10 – 10:40 A Plataforma VESPRA
10:40 – 10:55 Esclarecimento de questões
10:55 – 11:10 Intervalo para café
11:10 – 11:20 Contribuições individuais
11:20 – 11:50 Partilha em grupo
11:50 – 12:20 Debate geral
12:20 – 13:30 Encerramento

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: