11.1 C
Castelo Branco
Terça-feira, Maio 24, 2022
No menu items!
InícioRegionalProjeto Vespra realiza primeiro workshop no Centro Ciência Viva da Floresta

Projeto Vespra realiza primeiro workshop no Centro Ciência Viva da Floresta

PROENÇA-A-NOVA

Melhorar os mecanismos de gestão de risco em áreas transfronteiriças em situações de emergência é o objetivo do Projeto VESPRA (elementos vulneráveis em Espanha e Portugal e avaliação de risco) que teve o seu primeiro workshop no Centro Ciência Viva da Floresta no dia 27 de abril.

Foram apresentadas as versões preliminares da ferramenta e plataforma desenvolvidas no projeto,demonstrando a sua aplicação para as áreas abrangidas pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) e pela Região Autónoma da Extremadura espanhola, a uma audiência constituída essencialmente por elementos ligados a forças de segurança, proteção e socorro.

Nas boas vindas ao grupo de trabalho, João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova e da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, relembrou um dos perigos a que o território tem sido exposto, os incêndios, e a necessidade de se encontrarem respostas conjuntas até porque na CIMBB há dois concelhos com fronteira direta com Espanha, ainda que todo o território seja vulnerável a situações de risco transfronteiriças.

Com financiamento do Mecanismo Europeu de Proteção Civil (DG ECHO), a ferramenta desenvolvida pelo projeto VESPRA irá analisar e avaliar a vulnerabilidade de elementos localizados em regiões transfronteiriças relativamente aos riscos selecionados, nomeadamente inundações, dispersão de nuvens de poluentes industriais e nucleares e eventos climáticos severos, para além dos incêndios florestais.

Posteriormente, será disponibilizada numa plataforma de acesso livre que permitirá que as atividades de prevenção e resposta a eventos sejam realizadas de forma integrada e harmonizada por diferentes entidades de diferentes países.

O período de debate que se seguiu permitiu recolher informações e opiniões sobre o projeto, coordenado pela empresa espanhola Meteogrid em conjunto com os parceiros INFOEX da Junta da Extremadura e a Universitat Politècnica de Cataluña (UPC) em Espanha, bem como a Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), a Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI) da Universidade de Coimbra e a Universidade de Aveiro (UA) em Portugal.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: