15 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Maio 26, 2022
No menu items!
InícioNacionalTejo e Douro unem-se pela proteção dos rios e peixes

Tejo e Douro unem-se pela proteção dos rios e peixes

proTEJO, #MovRioDouro e Rios Livres organizam atividades de sensibilização da população no dia 21 de maio, Dia Mundial da Migração dos Peixes

Os movimentos proTEJO e #MovRioDouro, bem como o projeto do GEOTA, Rios Livres, uniram-se na defesa das bacias do Tejo e do Douro realizam, –  no Dia Mundial da Migração dos Peixes, 21 de Maio – várias atividades de sensibilização, gratuitas, nos rios Tejo e Sousa.

Na bacia do Tejo, o proTEJO realiza a atividade “POR UM TEJO LIVRE – Educação Ambiental sobre Peixes de Água Doce” que tem várias iniciativas previstas para o dia, começando pelas 9h30, com uma sessão de Educação Ambiental para os mais jovens, na Escola Ciência Viva de Vila Nova da Barquinha, com o envolvimento da comunidade escolar sobre a importância dos rios livres para a conservação das espécies migratórias, que integrará apresentações do Projeto “Peixes de Água Doce Nativos”, do Livro Vermelho dos Peixes de Água Doce e Migradores e do Projeto “MEGAPREDATOR” – MARE | Centro de Ciências do Mar e do Ambiente / Instituto Politécnico de Santarém – Escola Superior Agrária.

Pelas 11h30, no cais da Avenida dos Plátanos, o proTEJO vai realizar uma demonstração de pesca científica com a identificação, medição, pesagem, caracterização ambiental e recolha de tecidos de peixes, bem como uma demonstração de técnicas de amostragem científica, redinha, armadilhas de luz e redes de emalhar.

Com partida do Parque de Vilela, em Aveleda (Lousada), o #MovRioDouro vai celebrar o Dia Mundial da Migração dos Peixes, com uma caminhada junto ao rio Sousa, em plena Bacia do Douro, no dia 21 de maio, com partida prevista para as 9h15.

percurso, com cerca de 3km, permitirá aos participantes partir à descoberta da Paisagem Protegida Local do Sousa Superior e assistir a uma demonstração de pesca científica e à recolha de macroinvertebrados do rio.

A caminhada contará com a presença de vários biólogos e cientistas e as inscrições – gratuitas mas obrigatórias – podem ser feitas aqui.

As atividades, integradas no Dia Mundial da Migração dos Peixes, contam com o apoio do projeto Rios Livres, do GEOTA, e pretendem sensibilizar  a população das bacias dos dois maiores rios da Península Ibérica para a “necessidade de proteger estes ecossistemas da construção de novas barreiras – como açudes e barragens – e de melhorar a regulamentação das existentes, promovendo verdadeiros caudais ecológicos e uma continuidade fluvial proporcionada por eficazes passagens para peixes e pequenas embarcações”.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: