11.4 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Junho 29, 2022
No menu items!
InícioCulturaLivros no Mercado do Cá Se Faz em Proença-a-Nova

Livros no Mercado do Cá Se Faz em Proença-a-Nova

28 de maio, sábado, das 9 às 13.30 horas

Em Tempo de Cerejas, a Alma Azul leva ao Mercado do Cá Se Faz de Maio, em Proença-a-Nova, Livros de Proximidade, no dia 28, sábado, entre as 9 e as 13.30 horas, numa parceria com a Biblioteca Municipal.

Uma oferta diversificada de livros para crianças, jovens e adultos, sempre com o selo de qualidade e garantia da Alma Azul, além de muitas propostas de Leituras. E com um programa que tem como objectivo envolver toda a comunidade, especialmente, todos os expositores do Mercado, numa improvisada Festa do Livro.

Do programa, destacamos a homenagem a José Craveirinha, Prémio Camões 1991, que nasceu em Moçambique há precisamente 100 anos, no dia 28 de maio de 1922.

“Poemas com Asas” no Mercado do Cá Se Faz

Leituras Partilhadas de poemas de José Craveirinha, presente no Primeiro Livro de Poesia, coordenado por Sophia de Mello Breyner Andresen, por leitores-voluntários do Agrupamento de Escolas Pedro da Fonseca de Proença-a-Nova; distribuição de um “Diploma de Conhecimento” aos visitantes com dados biográficos do autor de “Quero Ser Tambor” assinalará o centenário de José Craveirinha no Mercado do Cá Se Faz, em Proença-a-Nova.

Agustina Bessa-Luís e José Saramago, ambos nascidos também em 1922, terão um destaque especial: Agustina Bessa-Luís com o livro “Dentes de Rato” onde a autora de “A Sibila” relata parte da sua infância, numa edição que conta com ilustrações da filha, a artista plástica Mónica Baldaque; e José Saramago com “A Bagagem do Viajante”.

Lendas e Superstições, em recolhas de Jaime Lopes Dias, também serão oferecidas no Mercado do Cá Se Faz, uma criação do Município de Proença-a-Nova para a valorização e mostra de produtos e produtores do concelho.

Foi ainda endereçado um convite aos alunos da Universidade Sénior de Proença-a-Nova para a colaboração na Leitura de microtextos de Miguel Torga, selecionados pela Alma Azul.

Em vésperas do Dia Mundial da Criança, a Alma Azul leva ao Mercado do Cá Se Faz, “Poemas com Asas”, traduzidos por Jorge Sousa Braga; para oferta aos pais e avós; sempre com o compromisso de estes os lerem aos mais pequenos no dia 1 de junho, antes de as crianças saírem de casa para a Escola.

O “Zoo Familiar”, “O Pelicano” e “Os Prodígios da Liberdade” em folhas-avião são os poemas a oferecer aos pais e avós que visitarem o Mercado na manhã de sábado.

Um diversificado programa de Leituras no Mercado do Cá Se Faz de Maio, em Proença-a-Nova, do qual agradecemos a divulgação

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: