13.1 C
Castelo Branco
Sábado, Junho 25, 2022
No menu items!
InícioRegional“Já leram a poesia de Luís Osório, poeta do século XIX?” vai...

“Já leram a poesia de Luís Osório, poeta do século XIX?” vai ser tema de palestra pelo poeta António Salvado

A Real Associação da Beira Interior levará a efeito no próximo dia 18 (Sábado) Junho, pelas 17 horas na Biblioteca Municipal, mais uma sessão integrada na série “Já Leram a Poesia de…?, iniciada e concretizada, de quando em quando, pelo poeta António Salvado, sempre do propósito de trazer aos nossos dias poetas do passado esquecidos e pouco citados.

A sessão que agora se anuncia será dedicada a Luís Osório, natural de Penamacor onde nasceu em 1860.

O poeta faleceu em Lisboa em 1900.

Luís Osório, de família aristocrata, formou-se em Direito na Universidade de Coimbra, e nessa cidade e enquanto estudante terá mostrado tendências liberais e, até, anarquistas, tendências essas que alguns dos seus versos não deixam de patentear.

Formado, enveredou por uma carreia política, tendo sido eleito deputado em várias legislaturas.

Poeta de reais méritos e pouco antológico, deixou-nos, no entanto, composições nas quais, e a par de uma forma métrica variada e escrupulosamente respeitada, ganha dimensão um conteúdo polifónico, revelador de uma atenção ao quotidiano feliz e infeliz das pessoas, uma acentuada abordagem aos elementos da paisagem envolvente (em particular, com muitos segmentos beirões) e, ainda, à materialização pela palavra de um confessionalismo íntimo de laivos românticos.

A sua obra é constituída por: A Trombeta (1882), Canções ao Vento (1882), Neblinas (1884), Um Grito (1890), Poemas Portugueses (1890), Alma Lírica (1891) e Espírito Gentil (1892).

Serão lidos por Maria de Lurdes Gouveia Barata, Maria de Lurdes Gonçalves, Maria Constância Valente e Manuel Costa.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: