9 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Junho 27, 2022
No menu items!
InícioNacionalUniversidade do Porto recebe cátedra da UNESCO dedicada à ciência dos oceanos

Universidade do Porto recebe cátedra da UNESCO dedicada à ciência dos oceanos

A Universidade do Porto recebeu a primeira cátedra UNESCO dedicada especificamente à Ciência do Oceano, que vai incidir na investigação, bem como formação avançada e ao longo da vida sobre a literacia dos oceanos, foi hoje revelado. 

Em declarações à agência Lusa, Laura Guimarães, investigadora que vai coordenar a cátedra ‘Ocean Expert – Science Education of Children for Ocean Stewardship: in Support of the Sustainable Ocean Economy’, esclareceu hoje que o intuito é potenciar a “investigação sobre o oceano e educação para o oceano”, mas também a “formação avançada” e a “formação ao longo da vida”, nomeadamente, para professores do ensino básico e secundário.

“Esta cátedra tem uma forte componente ligada à literacia do oceano”, afirmou a investigadora do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR) da Universidade do Porto.

Considerando esta atribuição “especial”, uma vez que se dedica à ciência do oceano, educação para o oceano e a sua sustentabilidade, a investigadora afirmou ser necessário “perceber a importância do oceano, que é base de sustentação da vida na Terra”.

“Temos de ser capazes de beneficiar destes recursos preservando-os para as gerações futuras, mas também temos de perceber o nosso impacto nesse mesmo oceano”, afirmou Laura Guimarães, também docente na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP).

No dia em que se assinala o Dia Internacional dos Oceanos, Laura Guimarães recordou que Portugal é o país com “a maior Zona Económica Exclusiva da União Europeia com a recente extensão da Plataforma Continental” e que a economia azul “tem vindo a contribuir cada vez mais para o Produto Interno Bruto (PIB), destacando a necessidade de existirem “mais profissões ligadas ao mar”.

Entre os vários objetivos, a cátedra ‘Ocean Expert’ da UNESCO visa a criação de uma rede de cooperação com países do Hemisfério Sul, “atuando como ponto de ligação entre Governos, empresas e organizações não governamentais” na área das ciências dos oceanos.

Atribuída na sequência de uma candidatura submetida por investigadores do CIIMAR, que será a instituição executiva do projeto, a cátedra conta ainda com o apoio do Ministério do Mar, o Ministério das Pescas e do Mar de Angola, a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Câmara Municipal de Vila do Conde, Câmara Municipal de Viana do Castelo, Câmara Municipal de Angra do Heroísmo (Açores) e da Biblioteca Pública e Arquivo Regional (Açores).

Ao nível académico, a cátedra conta ainda com várias parcerias como a FCUP, a Faculdade de Letras Universidade do Porto (FLUP), o Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) e a Direção Geral da Política do Mar.

Ao mesmo tempo, são também parceiras entidades na área da educação para a ciência como a Casa das Ciências, a Rede Nacional de Escolas Associadas da UNESCO e YScience.

Esta é a terceira cátedra atribuída pela UNESCO à Universidade do Porto, sendo que a UNESCO já atribuiu 15 cátedras a instituições nacionais.

*LUSA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: