9 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Junho 27, 2022
No menu items!
InícioNacionalGrupos de Acção local da Região Centro estão muito preocupados

Grupos de Acção local da Região Centro estão muito preocupados

Os Grupos de Acção Local (GAL) da Região Centro* reunidos nesta semana em Águeda assumiram uma tomada de posição conjunta no sentido de manifestação, em especial junto ao CCDR-Centro, a sua preocupação com a implementação do CENTRO2020 nos territórios rurais, nomeadamente, por atrasos transversais que ocorrem em diversas medidas integradas no instrumento Desenvolvimento Local de Base Comunitária, em particular no encerramento do SI2E – Sistema de Incentivo ao Emprego e Empreendedorismo e na implementação do +CO3SO Emprego, nos seus componentes Interior e Inovação Social.

O atraso na análise e pagamento por parte da Autoridade de Gestão do Programa Operacional do Centro2020 tem criado fortes constrangimentos nas dinâmicas económicas locais, essencialmente, para os beneficiários destes sistemas de incentivos que são, em sua maioria, micro e pequenas empresas dos territórios rurais.

Também como próprias organizações que se representam como parcerias locais da GAL foram penalizadas com o desmoralizante processual no que se refere à implementação de projetos integrados nas respectivas estratégias de desenvolvimento local, tanto do ponto de vista financeiro, como da sua imagem nos territórios onde intervêm, nalguns casos há mais de 30 anos.

Em ambas as situações estão em causa a sustentabilidade dos agentes e organizações.

O representante da GAL DUECEIRA e presidente da Federação Minha Terra, “tem a expectativa de que a maioria das situações possam ser ultrapassadas numa reunião que se perspectiva para breve com o CCDR-Centro, pois embora, regra geral, estes são pequenos projetos, que, individualmente, contribuem pouco para fazer crescer os valores da execução financeira do CENTRO2020, também merecer a atenção da Autoridade de Gestão respectiva”, acrescenta ainda “são a GAL que estão nos territórios a dar a cara pelo Si2E e pelo +CO3SO Emprego e fica mal na quando a fotografia não tem respostas para dar aos beneficiários, pois também não como conseguem obter o CCDR-Centro”.

Os elementos da direcção ADICES, GAL anfitrião desta reunião, Ricardo Marques (presidente da Câmara Municipal de Mortágua) e Leonel Gouveia (presidente da Câmara Municipal de Santa Comba Dão) reiteraram a importância da articulação entre o GAL e manifestaram preocupação com as perspectivas de trabalho no próximo período de programação de fundos comunitários (2021-2027).

No sentido de reforçar este trabalho em rede com vista para preparação do Portugal 2030, a GAL assumiram o reforço das parcerias de proximidade, consubstanciadas no instrumento DLBC e na capacidade que os GAL demonstraram para articular diferentes instrumentos de financiamento, no quadro das respectivas Estratégias de Desenvolvimento Local para o apoio às dinâmicas sociais e económicas locais, promoção e animação territorial, valorização dos recursos endógenos, formação e capacitação dos agentes dos territórios, assim como as agendas emergentes a nível local (digitalização, energia).

* ADAE, ADD, ADDLAP, ADELO, ADERES, ADIBER, ADICES, ADIRN, ADRACES, ADRIMAG, ADRUSE, AIDA- Aveiro Norte, AIDA – Aveiro Sul, COIMBRA + FUTURO, DUECEIRA, LÍDER BAIXO OESTE, LÍDER ALTO OESTE, PINHAIS DO ZÊZERE, PINHAL MAIOR, PRÓ-RAIA, RAIA HISTÓRICO, RUDE, TAGUS, E TERRAS DE SICÓCÓ

** LÍDER – Ligação Entre Acções de Desenvolvimento da Economia Rural

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: