9 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Junho 27, 2022
No menu items!
InícioNacionalInvestigadores da UC apresentam estratégias sustentáveis para combater um dos maiores obstáculos...

Investigadores da UC apresentam estratégias sustentáveis para combater um dos maiores obstáculos à produção agrícola

No próximo dia 30 de junho, investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) vão apresentar um conjunto de estratégias sustentáveis para ajudar no controlo de nemátodes fitoparasitas, que são um dos maiores obstáculos à produção agrícola a nível mundial, durante o workshop “Estratégias Sustentáveis para o Controlo de Nemátodes Fitoparasitas”.

A iniciativa é promovida em parceria com a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC) e terá lugar no Pólo de Inovação de Coimbra – DRAPC, na Quinta do Loreto, entre as 8h30 e as 13h30.

O workshop insere-se no projeto de investigação BioNem Mulch, liderado por Carla Maleita, do Departamento de Engenharia Química da FCTUC.

«A aplicação de nematodicidas é muito eficiente no controlo dos nemátodes fitoparasitas, mas constituem um verdadeiro perigo para o ambiente e para a saúde humana, o que tem estimulado a identificação de nematodicidas naturais», contextualiza a investigadora da FCTUC.

Estudos já desenvolvidos, prossegue, «permitiram identificar compostos com efeito nematodicida em resíduos do processamento do fruto da nogueira. Por sua vez, a cobertura do solo é uma prática comum em várias culturas, sendo as coberturas não biodegradáveis (polietileno) as mais utilizadas. Contudo, a sua eliminação coloca alguns problemas ambientais, o que tem levado à procura de estratégias alternativas para uma agricultura sustentável e ecológica. Por conseguinte, no âmbito do projeto BioNem Mulch, está a ser desenvolvido um sistema para controlo de nemátodes fitoparasitas que tem por base o desenvolvimento de coberturas totalmente biodegradáveis revestidas/impregnadas com nematodicidas naturais».

Com esta solução tecnológica de libertação para o solo, espera-se «permitir a proteção das culturas do ataque de nemátodes fitoparasitas, contribuindo para a melhoria dos sistemas produtivos e de proteção das culturas», finaliza a coordenadora do projeto.

As inscrições são gratuitas, mas limitadas a 30 participantes, e podem ser efetuadas até ao dia 28 de junho em: https://forms.gle/DPw1MPY3zYYXj5mB8.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: