11.4 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Junho 29, 2022
No menu items!
InícioNacionalIdanha recebeu I Fórum dos Gabinetes de Apoio aos Emigrantes e ao...

Idanha recebeu I Fórum dos Gabinetes de Apoio aos Emigrantes e ao Investimento da Diáspora

Evento foi um sucesso

Idanha foi o município escolhido para acolher o I Fórum dos Gabinetes de Apoio aos Emigrantes e ao Investimento da Diáspora, no dia 22 de junho.

Participaram no evento representantes de câmaras, comunidades intermunicipais, regiões autónomas, associações empresariais e de desenvolvimento de todo o país.

Na abertura do Fórum, o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, explicou a escolha: “Não é por acaso que decidimos fazer este evento em Idanha: é um bom exemplo de um município que, mesmo num contexto de interioridade, não se resigna e não desiste das pessoas nem do território”.

“Idanha encontrou caminhos de desenvolvimento ao pegar em projetos inovadores e diferenciadores que potenciam a identidade e a herança do território. É o caso do selo de Cidade Criativa da UNESCO na área da Música, da criação da Bio-Região, dos projetos na área da educação, da saúde e do ambiente para atrair mais pessoas e investimento”, acrescentou o governante.

O Fórum decorreu no Centro Cultural Raiano com a formalização da Rede de Apoio ao Investidor da Diáspora, que envolve mais de 300 aderentes, incluindo o Município de Idanha-a-Nova. Uma rede que permitirá aos municípios “reforçar o envolvimento das comunidades portuguesas nas suas estratégias” para terem “mais pessoas, mais investimento, mais coesão e mais internacionalização”, afirmou Paulo Cafôfo.

Na qualidade de anfitrião, Armindo Jacinto, presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, apresentou ao país a estratégia de desenvolvimento do município.

O autarca realçou que “os números oficiais revelam que Idanha tem hoje fluxos migratórios positivos – pois são mais os que entram do que os que saem do concelho –, está a captar investimento, a fixar população e a abrir escolas”.

“O resultado é que vamos receber um prémio por sermos o município com menos de 10 mil habitantes que mais cresceu no país, em áreas como a captação de investimento, a atração de turistas e visitantes, e sobretudo, na qualidade de vida dos cidadãos”, adiantou Armindo Jacinto.

O encerramento dos trabalhos coube à Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Isabel Ferreira.

A governante apresentou as medidas e ferramentas que estão disponíveis para famílias e empresas que pretendam residir ou investir em Portugal e, em particular, nas regiões do Interior.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: