22.5 C
Castelo Branco
Terça-feira, Agosto 16, 2022
No menu items!
InícioNacional“Hoje quem manda sou eu” promove troca de diretores na Rede Ciência...

“Hoje quem manda sou eu” promove troca de diretores na Rede Ciência Viva

“Hoje quem manda sou eu”, iniciativa organizada pela rede de Centros Ciência Viva, pretende promover a troca de diretores entre as várias entidades de todo o país, entre os dias 14, 15 e 16 de julho, numa operação que irá transportar diferentes programas para as mais diversas áreas.

Até ao Centro Ciência Viva da Floresta, Proença-a-Nova viajou João Paulo Constância, diretor do Expolab, do CCV dos Açores, da Ilha de São Miguel.

Em sentido contrário, Edite Fernandes, diretora do CCV da Floresta, viajou para o Arquipélago dos Açores, para dirigir este Centro, levando consigo um conjunto de atividades que pretendiam demonstrar que a floresta também é feita de aromas.

João Paulo Constância, diretor do CCV dos Açores, afirma que o propósito desta troca “é criar laços e relações estreitas com Proença-a-Nova. Queremos ter mais projetos em conjunto, promovendo um maior intercâmbio, quer de conhecimentos, quer de experiências”.

O diretor destaca os pontos que unem os dois Centros, apontando: “a biodiversidade está no centro das nossas preocupações e quando houve a hipótese de troca,sentimos uma aproximação a Proença-a-Nova, porque tínhamos a questão da Floresta e da biodiversidade como pontos semelhantes”.

Ainda que semelhantes entre si, ambos os Centros parecem ter conhecimentos para trocar.

Nas palavras de João Paulo Constância, fica vincado o interesse em trazer até Proença-a-Nova, características diferenciadoras dos Açores: “queríamos trazer a Laurissilva, a nossa floresta endémica. Queremos explicar onde estão localizados os Açores e toda esta questão do Vulcanismo, porque todas estas ilhas têm natureza vulcânica”.

Foi esse o mote de partida para a atividade apresentada a sensivelmente 30 crianças presentes na dinâmica criada pelo CCV dos Açores.

Explicar aos mais jovens quais as principais características de todas as ilhas, explicar como foi construída a biodiversidade no Arquipélago e ainda apresentar, através da realidade virtual, num sistema que permitiu aos jovens ver toda a Zona Florestal dos Açores.

Em vésperas da comemoração de aniversário do Centro Ciência Viva da Floresta e inauguração do novo espaço dos jovens e adultos do projeto BioAromas LIIS – Laboratório de Integração e Inovação Social, João Paulo Constância enaltece a iniciativa como “um projeto exemplar, por não ser uma ação pontual, mas muito mais do que isso. Estão a dar um propósito e uma oportunidade a várias pessoas, é um exemplo a ser considerado do ponto de vista até da própria rede nacional de Ciência Viva”, referiu.

Durante três dias, esta troca de cadeiras vai desafiar as equipas de cada Centro Ciência Viva e, certamente, proporcionar experiências inspiradoras aos visitantes.

Cada Centro terá uma programação especial, construída pela diretora ou diretor convidado, que motivará atividades inovadoras de promoção da ciência em todo o país.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: