22.5 C
Castelo Branco
Terça-feira, Agosto 16, 2022
No menu items!
InícioCulturaPrograma do 23.º Aniversário Alma Azul

Programa do 23.º Aniversário Alma Azul

21 de Julho a 27 de Setembro, em Coimbra – Alcains – Castelo Branco

A produtora de atividades culturais, com sede em Alcains, inicia no próximo dia 21 de julho, quinta-feira, às 18 horas, na Galeria Santa Clara, em Coimbra, o Programa do seu 23.º Aniversário (1999-2022) com uma Sessão Literária dedicada à Poesia de María Victoria Atencia; Chantal Maillard e Marian Suárez, três poetas de Espanha que serão apresentadas por João Emanuel Diogo, Elsa Ligeiro e Alexandre Valinho Gigas.

A sessão pretende divulgar a Obra e o percurso de cada uma das autoras, num complemento à Antologia “20 Poetas Espanhóis do Século XX”, organizada pelo professor da Universidade de Évora e poeta Antonio Sáez Delgado, em 2003, para a Alma Azul.

Nesse ano, a Antologia foi apresentada na Casa Municipal da Cultura, em Coimbra; e também em Castelo Branco, integrando o Encontro de Poesia Espanhola, organizado pela Alma Azul, com o apoio das autarquias de Castelo Branco, Fundão e Coimbra.

Para assinalar os 20 anos da Residência Artística de Penamacor (23 a 28 de Julho de 2002) em que participaram os poetas Joaquim Cardoso Dias, José Mário Silva, Pedro Sena-Lino e Ruy Ventura; e os fotógrafos Paulo Bernachina e Sérgio Pereira; haverá uma Sessão de Leituras de Poemas editados no livro “Malcata 7 Geografias”, originais que resultaram da Residência Artística de Penamacor que contou com o apoio do Município e da Reserva Natural da Serra da Malcata.

Do programa do 23.º Aniversário Alma Azul destacamos ainda uma Feira do Livro em Alcains no mês de agosto (ainda em preparação); e a realização de uma “Viagens com Escritores” a Coimbra (Eugénio de Andrade, Camilo Pessanha, Miguel Torga e Eça de Queirós).

As Viagens com Escritores são uma marca inesquecível do trabalho da Alma Azul no distrito de Castelo Branco nos anos 2001 e 2002; em que se realizaram Viagem com Escritores de referência da Literatura Portuguesa, sempre com partida de Castelo Branco a Vila do Conde e Portalegre (José Régio); a Melo, Gouveia e Fundão (Vergílio Ferreira); ao Bairro de Benfica e à Praia das Maçãs (António Lobo Antunes); à Granja (Sophia de Mello Breyner Andresen); à Póvoa de Atalaia e Porto (Eugénio de Andrade); a Viseu e Carregal de Tabosa (Aquilino Ribeiro); a Condeixa-a-Nova e Monsanto (Fernando Namora); e uma Viagem Especial à Casa Fernando Pessoa.

O encerramento do Programa do 23.º Aniversário da Alma Azul realiza-se na Biblioteca Municipal de Castelo Branco, no dia 27 de setembro, com a entrega do Prémio Ciranda 2022.

O Prémio Ciranda, uma criação da produtora de atividades culturais fundada em Coimbra, mas com sede atual na Vila de Alcains; regressa à cidade albicastrense depois de Rui Zink o ter recebido em 2009, na Biblioteca de Castelo Branco, pelo seu livro “O Destino Turístico”, numa edição da Teorema.

Recordamos que a primeira entrega do Prémio Ciranda realizou-se em Alcains, no ano de 2008, e o premiado foi o escritor Jaime Rocha, que, na companhia da escritora Hélia Correia, viajou até à Vila para receber o prémio atribuído ao livro “Anotação do Mal”, edição da Sextante Editora; no dia 27 de setembro de 2008, data em que a Alma Azul completou 9 anos de trabalho.

No ano passado, o Prémio Ciranda 2021 foi entregue na Biblioteca Municipal Eugénio de Andrade, no Fundão, ao livro “As aves não têm céu”, de Ricardo Fonseca Mota, numa edição Porto Editora.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: