22.5 C
Castelo Branco
Terça-feira, Agosto 16, 2022
No menu items!
InícioNacionalQS europeu – Teresa Bonvalot vence o Pantín Classic!

QS europeu – Teresa Bonvalot vence o Pantín Classic!

Teresa Bonvalot conquistou, este domingo, mais um triunfo para o já preenchido currículo, ao vencer o Pantín Classic, prova inaugural do QS europeu 2022/23, cuja 35.ª edição se desenrolou durante esta semana na Galiza.

A campeã europeia em título e recém-coroada campeã nacional, pela quarta vez na carreira, entrou, assim, da melhor forma na luta por um lugar nas Challenger Series 2023.

Após dois dias sem ação, a competição feminina retomou este domingo, com ondas pequenas e uma primeira semifinal entre Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins.

Num duelo 100 por cento nacional, Teresa superiorizou-se por 0,99 pontos, terminando o duelo com 9,43 pontos contra 8,44 de Yolanda, que se despediu da prova galega com um importante 3. º lugar.

Na final Teresa Bonvalot teve pela frente a britânica Alys Barton, numa disputa de sentido único.

Após um começo mais forte, na segunda metade da bateria Teresa sentenciou o triunfo, deixando a adversária em combinação.

Com 15,76 pontos, a surfista de Cascais deixou Barton a longa distância, com apenas 10,03 pontos e a precisar de duas ondas para evitar a derrota.

Teresa começou, assim, a nova temporada do QS europeu como terminou a anterior, a vencer.

Desde novembro de 2021 que ganha todos os campeonatos do QS europeu, sendo o quarto triunfo consecutivo neste circuito e quinto o da carreira e termos de WQS.

Em Pantín foi a primeira vez que venceu no QS, mas já tinha vencido aqui a primeira prova internacional que aconteceu após a pandemia, em 2020, que teve carácter especial.

Na prova masculina o triunfo sorriu ao basco Adur Amatriain, numa disputa com o compatriota Kai Odriozola, que foi decidida por apenas 0,13 pontos.

Aqui, o melhor português em prova foi Afonso Antunes, que terminou no 9.º lugar, seguindo-se Luís Perloiro no 13.º posto.

Destaque ainda para o 9.º lugar de Carolina Mendes e Mafalda Lopes na prova feminina, enquanto Kika Veselko foi 13.ª classificada.

A ação no QS europeu regressa em Agosto, de 10 a 14, com mais um QS1000, desta vez em Newquay, no Reino Unido.

Até ao final do ano, os melhores surfistas europeus terão ainda um QS1000 em Lacanau, França, um QS3000 em Anglet, também em França, ambos em Agosto, e mais um QS3000 nos Açores, em Outubro.

Depois, o circuito prossegue na primeira metade de 2023 para definir os 9 surfistas masculinos e 5 surfistas femininas que se apuram para as Challenger Series 2023.

Algo que Teresa Bonvalot pode nem precisar, uma vez que está dentro do top 5 das Challenger Series 2022 e a lutar pela qualificação para o World Tour de 2023.

Mais informações em www.ansurfistas.com e em www.worldsurfleague.com

*Foto: Teresa Bonvalot (Crédito: WSL)

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: