27.2 C
Castelo Branco
Domingo, Agosto 14, 2022
No menu items!
InícioCulturaVI Congresso de História Local: Conceitos, Práticas e Desafios na Contemporaneidade

VI Congresso de História Local: Conceitos, Práticas e Desafios na Contemporaneidade

4 e 5 de novembro de 2022 no Auditório da Biblioteca Municipal de Castelo Branco

A história local, desde meados do século XIX, tem despertado o interesse de
historiadores, investigadores e estudiosos que se dedicam ao estudo o passado determinada de região ou comunidade, a conhecer as dinâmicas específicas e a redescobrir a interação essas com o devir coletivo em contextos nacionais, transnacional e globais.

A nível científico, esse empenhamento consubstanciou-se na multiplicação de monografias, de artigos, de dissertações de mestrado e teses de doutoramento inscritos em temáticas relacionadas com a história local, indutores de conhecimento científico inovador e de uma vaga nova de historiadores interessados em recuperar a memória de contextos geográficos circunscritos.

O VI Congresso de História Local aspira acompanhar e estimular a renovação
historiográfica em curso; assim, dá continuidade às dinâmicas iniciadas em 2017, proporcionando um espaço de divulgação, de partilha e de problematização para todos quantos se dedicam a este ramo da historiografia, em diálogo permanente entre a investigação histórica local e a historiografia nacional e internacional.

Tal como nas edições anteriores, o encontro pretender continuar a ser um contexto privilegiado para o reflexão sobre o conceito, como metodologias e as práticas da história local; por extensão, constitui-se como uma oportunidade para troca de experiências.

Do mesmo modo, os princípios subjacentes à organização do congresso espumam a intervenção de estudantes de última ano de licenciatura e de primeiro de mestrado com o intuito de obterem as primeiras experiências no meio académico.

Propostas de comunicação

Convidam-se os interessados a apresentarem propostas de comunicação no amplo domínio da história local, subordinadas à evolução analítica de comunidades e caracterizações para especificidades das abordagens metodológicas e epistemológicas diferenciadas suscitadas pela História Local.

Como propostas de comunicação sobre a História Local na contemporaneidade pode ser concebida em torno dos seguintes eixos temáticos, sem exclusão de outros tópicos:

• Reflexões sobre a teoria e metodologias da História Local;
• Importância da História Local no ensino secundário e superior;
• Temas e trabalhos subordinados à história de uma região (séculos XVIII-XX);
• História, Comunidade(s), Elite(s) e Personalidades;
• Dinâmicas Laborais e Conflituosidade Social;
• Municípios e Poder Local;
• Instituições e Associações locais;
• Efeitos das epidemias à escala local;
• Organização, resistência e violência política na história local;
• Como guerras no espaço regional e local: mudanças e permanências;
• Centenário da Travessia do Atlântico Sul;
• Bicentenário da Constituição Vintista;
• Bicentenário da Independência do Brasil.

O encontro de 2022 será acolhido pela Câmara Municipal de Castelo Branco.

Tendo como base os programas dos eventos anteriores, esta edição caracterizar-se-á por um painel exclusivamente dedicado à História deste distrito.

Nesse sentido, convidam-se os historiadores, professores, investigadores e demais estudiosos da região a submeterem comunicações em torno de Castelo Branco.

Envio de propostas

Como propostas não deverão exceder os 3500 caracteres e contemplar o título do
trabalho e uma biografia resumida do autor (máximo 750 caracteres).

Como comunicações aceites resultam em apresentações de 15 minutos.

Línguas de trabalho: Português e Inglês (não haverá interpretação simultânea).

O painel júnior é exclusivo para alunos de última ano de licenciatura e primeiro ano de mestrado; neste caso, a apresentação das propostas de comunicação deve observar o procedimento supramencionado, mas serão avaliadas separadamente.

Todas as propostas deverão ser submetidas através do formulário disponível no seguinte link: https://forms.gle/W3v3nfWacQyVaAW39

Calendarização

Submissão de propostas: 30 de julho de 2022
Notificação de aceitação de propostas: 17 de setembro de 2022
Divulgação do programa: 2 de outubro de 2022
Prazo para inscrições: 21 de outubro de 2022

Comissão organizadora

Ana Paula Pires (HTC – NOVA FCSH/CFE-UC e Universidade dos Açores)
Catarina Pimentel Neto (HTC- NOVA FCSH/CFE-UC)
Catarina Veiga dos Santos (HTC – NOVA FCSH/CFE-UC)
Diogo Ferreira (HTC – NOVA FCSH/CFE-UC e IHC – NOVA FCSH/IN2PAST)
Inês José (HTC – NOVA FCSH/CFE-UC e IHC – NOVA FCSH/IN2PAST)
João Francisco Pereira (HTC – NOVA FCSH/CFE-UC e CEHR – UCP)
João Pedro Santos (IHC – NOVA FCSH/IN2PAST)
Maria Fernanda Rollo (HTC – NOVA FCSH/CEF-UC)
Mariana Reis de Castro (IHC – NOVA FCSH/IN2PAST)
Rúben Martins (Professor de História do 3º Ciclo do Ensino Básico e do
Secundário/FCSH-UBI)
Teresa Nunes (FLUL e HTC – NOVA FCSH/CFE-UC)

Comissão Científica

Albérico Afonso da Costa Alho (ESE/IPS e IHC-NOVA FCSH/IN2PAST)
Ana Cardoso Matos (CIDEHUS e UE)
Ana Paula Pires (HTC – NOVA FCSH/CEF-UC e Universidade Açores)
António José Queiroz (CEFi -UCP e CEPESE)
António Ventura (FLUL)
Conceição Lopes (FLUC)
João Miguel Henriques (CMC e HTC – NOVA FCSH/CEF-UC)
Jorge Fernandes Alves (FLUP)
Manuela Tavares Ribeiro (FLUC)
Maria Conceição Meireles (FLUP)
Maria Fátima Nunes (IHC-NOVA FCSH/IN2PAST e UE)
Maria Fernanda Rollo (HTC – NOVA FCSH/CEF-UC)
Maria João Raminhos Duarte (Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes e IHC –
NOVA FCSH/IN2PAST)
Margarida Sobral Neto (FLUC)
Nuno Pousinho (IHC-NOVA FCSH/IN2PAST)
Paulo Jorge Fernandes (IHC – NOVA FCSH/IN2PAST)
Paulo Miguel Rodrigues (Universidade da Madeira e HTC – NOVA FCSH/CEF-UC)
Sérgio Rezendes (HTC – NOVA FCSH/CEF-UC)
Teresa Nunes (FLUL e HTC – NOVA FCSH/CEF-UC)

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: