16.3 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Outubro 6, 2022
No menu items!
InícioDesportoFred Gil e estreante Gonçalo Falcão entram a ganhar no Campeonato do...

Fred Gil e estreante Gonçalo Falcão entram a ganhar no Campeonato do Mundo Individual de Veteranos

  • Ex-número 62 ATP é o primeiro cabeça de série
  • Falcão está pela primeira vez num torneio de veteranos
  • Gorecka e Moura entre as primeiras mulheres vencedoras

Fred Gil e Gonçalo Falcão registaram, este domingo, duas das vitórias para a comitiva portuguesa na segunda jornada do Campeonato do Mundo Individual de Veteranos, torneio que reúne mais de 400 jogadores e que a Federação Portuguesa de Ténis e a Federação Internacional de Ténis organizam entre 6 e 13 de agosto.

Vice-campeão mundial em 2021 e primeiro cabeça de série em 2022, Fred Gil (ex-62.º classificado na hierarquia ATP e finalista do Estoril Open em 2010) iniciou o “ataque” ao título com um triunfo por 6-4 e 6-3 sobre Dennis Bank a caminho dos oitavos de final.

No mesmo escalão, Bento Queiroz — que na véspera foi um dos primeiros portugueses a triunfar neste mundial individual — caiu com os parciais de 6-3 e 6-1 perante Alexander Tolkachev, quinto pré-designado.

O escalão mais baixo, de +30 anos, assinalou a estreia de Gonçalo Falcão em competições de veteranos.

Ainda habituado a competir no circuito internacional, com destaque para a variante de pares, o tenista português superou o espanhol Alfonso Fernandez-Guimera, por 6-2 e 6-4, para alcançar a segunda ronda — equivalente aos oitavos de final.

Tal como ele, também Ricardo Ramos respondeu bem ao desafio inaugural, ao aplicar os parciais de 6-1 e 6-2 ao japonês Hisashi Mori.

As restantes vitórias de homens portugueses verificaram-se nos escalões de +40 e +45. No primeiro, Mauri Brito Gomez derrotou o indiano Aditya Khanna por 6-2 e 7-5 a caminho da terceira ronda.

No segundo, António Moura fez jus ao estatuto de segundo pré-designado (ocupa o segundo lugar no ranking mundial) e bateu Mihir Mankad, da Índia, por 6-0 e 6-0 para chegar à terceira de sete rondas.

Já Luís Sousa Pinto superou o japonês Takashi Ukon por 7-5 e 7-5 e também está na terceira eliminatória.

Nuno Ribeiro e Marcos Santos despediram-se no decorrer desta jornada com derrotas na segunda ronda.

Inês Moura

A jornada deste domingo também foi dedicada aos primeiros encontros dos quadros femininos, com cinco jogadoras portuguesas a alcançarem as primeiras vitórias.

Em +30, Maria João Severino venceu a húngara Livia Viola Ott por 6-4 e 6-4 e marcou encontro com a segunda cabeça de série, Eileen Aranas-Roth, nos quartos de final, enquanto Rita Francisco cedeu por 6-2, 4-6 e 7-5 para a norte-americana Marine Nizri Spiegel.

No escalão de +40, os triunfo lusos pertenceram a Inês Moura (6-4 e 6-1 a Lorna Guadalupe Torres, do México) e Isaura Faria (6-0 e 6-1 contra Virginie Villani), ambas apuradas para os oitavos de final — caminho oposto ao de Cláudia Pelixo, que perdeu por 6-0 e 6-0 Johanna Tyreus Stanley.

As restantes vitórias “da casa” aconteceram na prova de +45, ambas recheadas de autoridade: Dominika Gorecka aplicou os parciais de 6-0 e 6-0 à espanhola Maite Mateo e Célia Sá fez o mesmo à indiana Sonal Vohra.

Desta forma, as duas garantiram o acesso à segunda de seis rondas, para a qual já estava apurada Sofia Prazeres (15.ª cabeça de série), com um bye.

Na variante de pares, quatro representantes nacionais conseguiram celebrar lado a lado com parceiros de outras nacionalidades: em pares mistos de +30, Gonçalo Falcão venceu com a norte-americana Mariana Correa, que residiu durante vários anos em Portugal, e apurou-se para os quartos de final; em +35, Patrícia Couto fez o mesmo com o australiano Mirsad Dedajic e juntou-se aos compatriotas Rita Freitas e Fred Gil, que já tinham avançado na véspera; e em pares masculinos +45 as vitórias sorriram a Vasco Graça (com o búlgaro Alexander Iliev) e Lourenço Santos Lima (com o alemão Frank Langer), assim apurados para a segunda eliminatória.

*Foto de capa: Dominika Gorecka

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: