23.9 C
Castelo Branco
Sábado, Setembro 24, 2022
No menu items!
InícioDesportoDuas duplas portuguesas com medalhas asseguradas no Campeonato do Mundo Individual de...

Duas duplas portuguesas com medalhas asseguradas no Campeonato do Mundo Individual de Veteranos

  • Prazeres/Gorecka e Moura/Couto históricas em +30
  • Quarteto luso apurado para os “quartos” em singulares

Sofia Prazeres, Dominika Gorecka, Inês Moura e Patrícia Couto garantiram, esta segunda-feira, as primeiras medalhas para jogadores portugueses no Campeonato do Mundo Individual de Veteranos, com vitórias no quadro de pares femininos +30 do torneio que a Federação Portuguesa de Ténis e a Federação Internacional de Ténis organizam entre 6 e 13 de agosto.

Numa jornada muito preenchida, Sofia Prazeres e Dominika Gorecka — que na última semana ajudaram a seleção portuguesa de +45 a concluir o mundial de equipas na oitava posição — estrearam-se no escalão de +30 com uma vitória muito autoritária (6-0 e 6-0) contra as húngaras Edina Kertesi e Livia Viola Ott.

Por acontecer num quadro mais pequeno, esta vitória garantiu à dupla o apuramento para as meias-finais, uma prestação que desde logo assegurou a conquista da medalha de bronze, que nos campeonatos mundiais de veteranos é entregue a todos os tenistas que terminem em terceiro e quarto lugar.

Um par de horas depois, Inês Moura (que esteve ao serviço da seleção de +40) e Patrícia Couto — uma das quatro integrantes da seleção de +35 que conquistou o bronze — igualaram o feito ao levarem a melhor num duelo mais equilibrado: 4-6, 6-4 e 10-7 perante as finlandesas Isa Partio e Hilppa Tuomola.

Com uma final 100% portuguesa no horizonte, as duas duplas “da casa” apontam, para já, a vitórias nas meias-finais, que significariam um upgrade da medalha para, pelo menos, a prata: Prazeres e Gorecka vão desafiar as alemãs Natali Gumbrecht e Christine Kraupa, primeiras favoritas, enquanto Moura e Couto terão pela frente a alemã Eileen Aranas-Roth e a espanhola Almudena Sanz-Llaneza Fernandez.

Ao longo do dia houve mais dois triunfos de tenistas portugueses em pares, ambos nos quadros masculinos: em +30, Gonçalo Falcão e o alemão Tony Holzinger confirmaram o estatuto de oitavos cabeças de série (6-1 e 6-1 perante Toby Mitchell e Henrik Mueller-Frerich) e qualificaram-se para os quartos de final; já em +45, Lourenço Santos Lima e o germânico Frank Langer derrotaram Baris Ergun e Okan Okyay por 6-3 e 6-1 e estão nos oitavos de final.

Na variante de singulares, a jornada foi ainda mais propícia a triunfos de jogadores lusos, com quatro a avançarem para os quartos de final dos respetivos quadros e dois a seguirem para os oitavos de final.

Em +30 masculinos, Gonçalo Falcão deu seguimento à estreia vitoriosa em provas de veteranos e bateu o alemão Denny Vojtischek com os parciais de 7-6(5) e 6-0 para chegar aos quartos de final, ronda na qual vai enfrentar o chileno Matias Valdes, segundo favorito.

Depois, também Ricardo Ramos alcançou esta etapa, com um triunfo por 6-3 e 7-5 perante Kristian Marquart, tenista da Alemanha que tinha a seu cargo o estatuto de quinto pré-designado.

Ivan Korol será o próximo adversário do português.

À procura do título de campeão mundial que há um ano lhe escapou por muito pouco (foi “vice” em Umag, na Croácia), Fred Gil voltou a agarrar-se ao estatuto de primeiro cabeça de série e com os parciais de 6-4 e 6-0 deixou pelo caminho o alemão Benjamin Miarka para atingir os quartos de final.

Com duas vitórias “no bolso”, o ex-número 62 do ranking ATP — na última semana ajudou Portugal a conquistar a medalha de bronze no torneio de equipas — marcou encontro com o espanhol Jaume Santo-Valdivieso.

Rita Freitas

Neste mesmo escalão, Rita Freitas repetiu o triunfo da semana passada sobre a argentina Jesica Soledad Orselli (desta vez por 6-1 e 6-1) para inscrever o nome nos quartos de final e terá como próxima adversária a sul-africana Alexandra Dreyer.

Sofia Prazeres também venceu em singulares (foi, aliás, a primeira a seguir em frente nesta jornada), mas porque o quadro feminino de +45 é composto por 64 jogadoras a vitória por 6-2 e 7-5 sobre a francesa Virginie Vandermersch deu-lhe acesso aos oitavos de final, que disputará com a alemã Susi Fortun Lohrmann.

Por último, Mauri Brito Gomez celebrou o segundo triunfo consecutivo no quadro masculino de +40 e também passou aos oitavos de final da sua competição.

Em sensivelmente quatro horas, o capitão da seleção nacional derrotou o francês Aurelien Lescallier por equilibrados 5-7, 7-6(4) e 6-3 e juntou-se ao argentino Federico Pontarolo.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: