23.9 C
Castelo Branco
Sábado, Setembro 24, 2022
No menu items!
InícioCulturaVisitas guiadas à exposição “Olhares da Guinendade - Artes da Guiné-Bissau” patente...

Visitas guiadas à exposição “Olhares da Guinendade – Artes da Guiné-Bissau” patente na UCCLA

No âmbito da exposição “Olhares da Guinendade – Artes da Guiné-Bissau” iremos realizar visitas guiadas, pelos curadores, e haverá diversas atividades paralelas como palestras, lançamentos de livros, exibição de documentários e estaremos abertos alguns fins de semana para que possa visitar esta exposição que revela aspetos de uma cultura edificada numa diversidade imensa, assente em raízes de diversas comunidades da Guiné-Bissau.

Assim, as visitas guiadas terão lugar nos dias 20 de agosto e 10 de setembro, às 16 horas, pelos curadores.

Após a visita guiada do dia 20 de agosto, poderá assistir ao filme “NTURUDU – Um Carnaval sem mascara”, um projeto desenvolvido em 2020 e 2021 na Guiné-Bissau – financiado pelo Camões – Centro Cultural Português em Bissau, pela Secretaria de Estado da Cultura da Guiné-Bissau e pela União Europeia – e que culminou na edição de um livro, numa exposição fotográfica e num filme documentário com o principal objetivo de divulgar uma das mais fortes tradições guineenses, o carnaval.

A exposição “Olhares da Guinendade – Artes da Guiné-Bissau” poderá ser visitada nos seguintes fins de semana: 20 e 21 de agosto e 10 e 11 de setembro, entre as 10 e as 18 horas.

A entrada é gratuita.

Exposição “Olhares da Guinendade – Artes da Guiné-Bissau”

Organizada pela UCCLA e pela Associação de Escritores da Guiné-Bissau, a exposição conta com a curadoria de três guineenses – Manuela Jardim, Nú Barreto e Tony Tcheka – que a organizaram em três núcleos.

O primeiro núcleo é o da Panaria, com cerca de 15 obras, imortalizada na herança ancestral; o segundo é constituído por 41 peças etnográficas em representação da imensa riqueza cultural e patrimonial guineense; e no terceiro perfilam-se 28 obras de artistas contemporâneos com grande diversidade de cores e imagens, em grande parte retratando a vida de pessoas e o seu quotidiano.

Os artistas representados na exposição são António Aly Silva, Carlos Barros (Carbar), Diamantino Monteiro, Elautério Martins (MO), Gregório Monteiro (Galóga), Helena Neves Abrahamsson, Irley Rivera, João Carlos Barros, Kevin Miranda Lima, Manuel Júlio, Manuela Jardim, Mário Cesariny, Nú Barreto, Rui Vasquez e Sidney Cerqueira.

Estão representadas 5 étnias na exposição, a saber Bijagó, Fula, Mandinga, Mandjaco e Nalú.

Coleções presentes na exposição: Coleções de artista, Coleção de David S. Lopes, Coleção de Tony Tcheka, Colectivo Multimédia Perve, Fundação PLMJ, Galeria Nimba e Pó di Terra.

Reportagem fotográfica da exposição disponível no link https://www.uccla.pt/exposicao-olhares-da-guinendade-artes-da-guine-bissau-na-uccla

Patente ao público: 23 de junho a 16 de setembro de 2022

Horário: 10h00-18h00 (entrada livre)

Organização: UCCLA – União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa e Associação de Escritores da Guiné-Bissau

Apoio: Benogue, Hiscox – Seguros de Arte, Nimba Art Gallery e Starmuseum

Apoio institucional: Câmara Municipal de Lisboa

Media Partner: LUSA e RTP

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: