19.4 C
Castelo Branco
Sexta-feira, Outubro 7, 2022
No menu items!
InícioNacional20º Feira do Pinhal atinge record de afluência

20º Feira do Pinhal atinge record de afluência

Oleiros alia-se aos maiores certames de artesanato do país

Oleiros foi, de 10 a 14 de agosto, o maior palco do artesanato português na região e o público não faltou.

É considerada “a melhor organização de sempre” da Feira do Pinhal, no entender no executivo da Câmara Municipal de Oleiros.

Uma avaliação feita pelos próprios expositores repetentes segundo um inquérito realizado junto destes no último dia do certame.

Os expositores estreantes, segundo o mesmo inquérito, posicionam a Feira do Pinhal lado a lado de muitos dos mais afamados certames dedicados ao artesanato no país.

Durante a Feira do Pinhal

“Foram feitas trocas comerciais, o público apareceu em número record, não houve registo de ocorrências. Os nossos objetivos foram largamente atingidos”, considera Parlo Urbano, Vereador na Câmara Municipal de Oleiros.

“Foi uma grande feira pela quantidade e qualidade dos expositores, com o melhor do que se faz em Portugal. Tivemos animação infantil, a zona de restauração e bares devidamente acondicionada e claro os concertos que prolongaram a permanência do público”, diz Paulo Urbano.

O “layout” do recinto, a disponibilização dos elementos da organização, ou o programa de animação, foram alguns dos aspetos positivos realçados por expositores e visitantes.

“Tivemos um interregno de dois anos que nos permitiu ajustar o espaço para este evento. Na próxima edição queremos melhorar as condições quer para quem nos visita, quer para os expositores”, continua.

A aposta na valorização do artesanato, o principal ingrediente da 20ª Feira do Pinhal é para continuar.

“No próximo ano Oleiros vai ter uma parceria com dois municípios já com um longo trabalho na promoção do artesanato no país e além-fronteiras, que são Estremoz e Vila do Conde. Estarão aqui representados no próximo ano, assim como Oleiros estará representado com o nosso artesanato nos certames destes dois concelhos”, anuncia Paulo Urbano, por entender que “a tradição e a criatividade” potenciam territórios.

“Instalaram-se em Oleiros dois artesãos (Jorge Marquez em Orvalho e Luís Pinheiro em Pisoria) e temos outros na calha, como um dos artesãos que esteve aqui connosco na Feira do Pinhal.

É da Guarda. Segundo nos explicou, o nosso Concelho tem estas condições que um criativo procura, a inspiração, a tranquilidade, o bom acolhimento. São assim os nossos novos povoadores”.

Uma comunidade estrangeira de 40 artesãos instalada em Álvaro vai em breve ter uma associação e uma sede, com o apoio da Câmara Municipal de Oleiros.

“Apoiamos assim os artesãos precisam, sobretudo nas instalações”, acrescenta Paulo Urbano.

Nesta estratégia de afirmação do artesanato de Oleiros, o Município está a avaliar a participação em feiras de artesanato internacionais em França e em Milão.

Nos dias de realização da Feira estima-se que tenham passado pelo recinto dezenas de milhar de visitantes.

Segundo Fernando Jorge, presidente da Câmara Municipal, “nunca como este ano recebi tantos telefonemas e mensagens a felicitar pela organização e qualidade do evento”.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: