16.3 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Outubro 6, 2022
No menu items!
InícioRegionalIdanha-a-Velha recebeu Escola de Verão

Idanha-a-Velha recebeu Escola de Verão

2 e 3 de setembro

A Sé de Idanha-a-Velha recebeu nos dias 2 e 3 de setembro a Escola de Verão CEIS20 de 2022, da Universidade de Coimbra, dedicada ao tema “Património Cultural: dos Legados Culturais aos Encontros Interculturais”.

A iniciativa contou como apoio da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e reuniu estudantes, investigadores, professores e outros profissionais interessados em património cultural.

“Idanha-a-Velha é o local ideal para acolher estes eventos culturais e pedagógicos. Por cá ficaram marcas de muitas civilizações que hoje fazem desta aldeia histórica um museu ao ar livre”, afirmou João Carlos Sousa, vereador da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, no encerramento da Escola de Verão.

João Carlos Sousa realçou que “a investigação que tem sido desenvolvida permite novas leituras de Idanha-a-Velha, que foi no passado uma importante cidade, contribuindo também para a valorização da oferta turística de um lugar que é Monumento Nacional”.

O vereador da Câmara Municipal desafiou a Universidade de Coimbra a continuar a desenvolver projetos de investigação e valorização do património de Idanha-a-Velha e do concelho de Idanha-a-Nova.

Entre outras individualidades, participaram neste encontro o vice-reitor da Universidade de Coimbra, Delfim Leão, o diretor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Albano Figueiredo, o coordenador científico do Centro de Estudos Interdisciplinares (CEIS20), José Oliveira Martins, e a representante do Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra, Maria João Neves.

Em nome da organização, o diretor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra destacou “o empenho exemplar que a Câmara de Idanha-a-Nova coloca em tudo o que tem a ver com património, o seu estudo e valorização”.

“Idanha honra de forma digníssima a herança da antiga Egitânia e fá-lo de forma enquadrada nas novas metodologias, nos novos conhecimentos e nos valores atuais”, disse, por seu lado, o vice-reitor da Universidade de Coimbra.

Ao nível da investigação,destaca-se o projeto IGAEDIS, que resulta de uma parceria entre a Universidade de Coimbra, a Universidade Nova de Lisboa, a Câmara de Idanha-a-Nova e a Direção Regional de Cultura do Centro.

O IGAEDIS conta já com uma equipa de 20 investigadores internacionais e centra-se no estudo, investigação arqueológica e valorização da história e do património cultural de Idanha-a-Velha.

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: