7.3 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Dezembro 1, 2022
No menu items!
InícioInternacionalAlunos universitários europeus voltam a competir nos céus de Ponte de Sor

Alunos universitários europeus voltam a competir nos céus de Ponte de Sor

  • São esperados mais de 500 estudantes na competição de lançamento de foguetes, EuRoC – European Rocketry Challenge, levada a cabo pela Agência Espacial Portuguesa, que acontece entre os dias 11 e 18 de outubro
  • Edição deste ano conta com o maior número de sempre de candidaturas, com mais de 40 equipas candidatas de nove países

A Agência Espacial Portuguesa leva o cabo, pelo terceiro ano consecutivo, o EuRoC – European Rocketry Challenge, a competição de lançamento de foguetes que se destina aos estudantes universitários de vários países da Europa, que este ano conta com 20 equipas de onze países.

Este ano, o EuRoC recebeu o maior número de candidaturas de sempre: ao todo, mais de 40 equipes europeias demonstraram interesse em participar da competição.

Este aumento das candidaturas reflete um franco crescimento da competição e a sua afirmação junto das universidades europeias.

“A competição está madura o suficiente para crescer. Foi por isso que acrescentou mais dias à competição, decorrendo ao longo de uma semana. Para além disso, sabemos que o EuRoC é despertar o interesse junto de universidades portuguesas que recentemente criaram uma licenciatura em Engenharia Aeroespacial, como é o caso da Universidade de Aveiro”, constata Marta Gonçalves, gestora de projetos educativos da Agência Espacial Portuguesa.

Portugal tem este ano a maior representação de sempre na competição, com um total de três universidades: uma equipe do Instituto Superior Técnico – RED – e uma equipa que junta a Universidade da Beira Interior e Universidade de Coimbra – Equipe de Foguetes Fénix.

A equipa RED, composta por 48 membros, foi criada em 2017 no Instituto Superior Técnico e participa pela terceira vez no EuRoC.

À semelhança das equipes de restante, a RED reflete a multidisciplinariedade do Espaço: entre as formações dos participantes, estão as áreas de engenharia mecânica, de engenharia aeroespacial, de engenharia eletrotécnica e de computadores, de engenharia eletrónica e de engenharia física e tecnológica.

A Fénix Rocket Team, criada em 2021, é uma equipa composta por 41 alunos das Universidades de Coimbra e da Universidade da Beira Interior.

Como áreas de estudo dos participantes variam entre a engenharia aeronáutica, a engenharia física, a medicina, a biologia, a astrofísica e engenharia eletrotécnica.

Esta é, a par de uma equipa suíça, a única equipa que junta estudantes de mais do que uma universidade.

Entre os vários objetivos de todas as equipas, verifica-se o ponto em comum de ambicionarem ultrapassar os seus limites, tentando sucesso obter na conceção, lançamento e recuperação dos foguetes, de forma a registarem evolução positiva e a detetarem o que pode ser melhorado, como tudo isso contribuição para o desenvolvimento do setor.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: