7.1 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Dezembro 1, 2022
No menu items!
InícioOpiniãoDestino da velha Constantinopla para a Europa?

Destino da velha Constantinopla para a Europa?

EUROPA ENVOLVIDA EM NOVA GUERRA FRIA

Os EUA são a seguir a mesma estratégia que Roma seguiu na Idade Média e que veio a provocar a cisma de 1054 que dividiu ocidente entre Catolicismo e Ortodoxia.

António Justo

Aquela estratégia, se por um lado contribui para a afirmação-se da Europa ocidental e oriental e do Islã (império otomano), expressa-se também na reforma protestante (poder secular e religioso: formação dos Estados laicos europeus) e manifesta-se na luta atual entre países de capitalismo liberal e de socialismo (mantem-se um fator comum: a luta ideológica da verdade como posse). O nacionalismo ucraniano, a hegemonia da Rússia e dos Estados Unidos ameaça a formação de uniões que não favorecem o melhor desenvolvimento dos povos…

Acabamos de viver uma época em que os EUA foram uma bênção para a Europa mas atualmente estamos a passar para a nova época em que os Estados Unidos se podem tornar-se num grande perigo. Uma Europa onde o pluralismo se afirmou ter uma palavra a dizer e afirmar que chegamos a um momento da história em que o unilateralismo está definitivamente ultrapassado e deve dar lugar a uma colaboração com as diferentes autonomias regionais que possibilidades mundiais pluri-influências e pluridependências…

Por seu lado, a Europa, com a com a compulsão da Alemanha, perde a oportunidade de ser o fator de continuidade na mudança, ao não tomar iniciativa própria; ao identificar-se com a Nato americana, arrisca, com o andar da História, levar a Europa a tornar-se uma mera região americana na eurásia…

Se a Europa não arredar caminho do comando de Washington tudo leva a indicar que terá o mesmo fim que teve Constantinopla. É fatal verificar-se que uma Europa que foi berço de tantas subculturas se limitar a ser agora reduzido à sua subcultura anglo-saxónica!…

O fatal da questão é que acontece no momento da História em que a hegemonia e declínio dos Estados Unidos se juntam (nem a Europa se encontra geopoliticamente à devida nem os EUA encontram lucidez suficiente para reconhecer a sua oportunidade global única de chegar a América com os olhos do mundo!…

*António da Cunha Duarte Justo

Texto completo e notas em Pegadas do Tempo: https://antonio-justo.eu/?p=7962

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: