9.5 C
Castelo Branco
Domingo, Novembro 27, 2022
No menu items!
InícioNacionalProjeto da UBI para construção sustentável vence BfK Ideas

Projeto da UBI para construção sustentável vence BfK Ideas

  • BfK Ideas premeia “reciclagem” de fígados, terapêutica para feridas cutâneas, construção sustentável e gamificação, para disléxicos
  • Projetos da investigação científica em Instituições de Ensino Superior como Instituto Politécnico do Cavado e da Ave e Universidades da Beira Interior, Trás-os-Montes e Alto Douro e Porto vencem concursos de ideias da ANI

Já são conhecidos os quatro projetos vencedores do programa Ideias nascidas do Conhecimento (BfK), promovido pela Agência Nacional de Inovação (ANI), que visa impulsionar a transferência de conhecimento das Instituições de Ensino Superior para o tecido empresarial.

Nesta edição do concurso estão representados 29 Instituições de Ensino Superior nacionais.

A final decorreu ontem, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, tendo sido distinguidos quatro projetos.

O futuro dos transplantes de fígado está neste projeto: 50.000 vidas podem ser salvas por ano Orgavalue (Universidade do Porto).

Apesar de Portugal, ser o sexto país do mundo com mais transplantes hepáticos por ano, a lista de doentes que aguardam um órgão para transplante é extenso.

Segundo os promotores da Orgavalue, 30 pessoas morreram diariamente enquanto esperam por um transplante e 54% rejeitam o novo órgão.

O problema não está na qualidade dos mesmos. No caso específico do fígado, a Orgavalue diz que, todos os anos, são desperdiçados 28.000 órgãos, que poderia salvar a vida de 50.000 pessoas.

É para colmatar este problema que surge a OrgaValue, uma tecnologia de bioengenharia inovadora que permitirá reabilitar órgãos humanos, tornando-os totalmente transplantáveis.

A solução é baseada na solução líquida de limpeza que remove as células, deixando uma matriz não celular com a matriz orgânica apropriada.

Então, novas células humanas saudáveis são introduzidas na matriz para bioengenharia de um novo órgão.

O processo é otimizado pela máquina de perfusão da Orgavalue. Uma vez concluído, o órgão de bioengenharia pode ser implantado no paciente usando técnicas e equipamentos de transplante existentes.

A Orgavalue está pronta para iniciar o desenvolvimento do processo de fabricação em pequena escala, suscetível às Boas Práticas de Fabricação (BPF) e entrar em testes pré-clínicos piloto.

É esperar que o primeiro ensaio pré-clínico da Fase 1 ocorra na final de 2025 com o fígado de bioengenharia desenvolvido (“BeLiver”). 2028 é o ano em que a Orgavalue espera entrar no mercado.

Terapêutica veterinária biológica cura feridas cutâneas mais rapidamente, com menos custos e menor impacto ambiental PlatGen® (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro)

Quem tem um animal doméstico, um cão ou um gato, sabe que as feridas cutâneas por causa de infeções, acidentes, mordidas e até cirurgias, além de ser frequentemente, são, muitas vezes difíceis de tratar, infetando frequentemente.

Além de ser usados antisséticos, antibióticos e outros materiais que constituirão resíduos hospitalares, a conta no veterinário é elevada.

Segundo os promotores do projeto, os custos por animal ascendem em média a 420€.

PlatGen® é um produto terapêutico, eficaz na regeneração de feridas complexas. Apresenta capacidade antimicrobiana e analgésica, sendo biocompatível, biodegradável e sustentável.

Surgiu do desenvolvimento de uma tese de doutoramento em Ciências Veterinárias da UTAD, tem já uma patente em curso, e artigos científicos revistos por pares, já publicados.

Sendo as feridas cutâneas muito comuns na clínica diária de cães e gatos, este produto vem, numa alternativa biológica, ecológica e mais económica, solucionar um problema complexo, moroso e muito dispendioso.

Mais do que cicatrizar, estimula e acelera os mecanismos de regeneração tecidular e é constituído por proteínas de elevado valor biológico derivadas de plaquetas e leucócitos. Mesmo as lesões de grande dimensão e infetadas são resolvidas com a aplicação de Platgen® de forma eficaz, terminando numa cicatriz vestigial.

A sua aplicação no tratamento de feridas cutâneas de cães e gatos já está publicada por este grupo de trabalho, nos resultados científicos anteriormente referidos.

Constitui uma alternativa não química às opções convencionais já existentes no mercado (químico/farmacológicas, como antibióticos).

É aplicado diretamente na lesão, sendo absorvido de uma forma natural ao longo do tempo, diminuindo a frequência da mudança de penso.

Consequentemente, diminui os resíduos e desperdícios produzidos em contexto clínico, assim como os gastos associados a diferentes consultas/deslocações, incluindo intervenções cirúrgicas, que podem ser complexas e que comportam riscos, associados à anestesia.

As feridas tratadas com este produto não necessitam de aplicação tópica de antibióticos, antissépticos e analgésicos, contribuindo para a redução da pegada ecológica.

De forma direta, o Platgen® está comprometido com a diminuição da resistência a antibióticos, assim como o aparecimento de bactérias multirresistentes, num conceito One Health.

O Platgen® tem como alvo inicial a aplicação em feridas de cães e gatos, com provas científicas de aplicação xenogénica.

No futuro, os promotores pretendem que a sua utilização se estenda a outras espécies animais, incluindo humanos.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: