4.9 C
Castelo Branco
Terça-feira, Novembro 29, 2022
No menu items!
InícioCulturaGala Eugénia Lima regressa à Casa da Cultura da Sertã

Gala Eugénia Lima regressa à Casa da Cultura da Sertã

A Gala Eugénia Lima está de regresso à Casa da Cultura da Sertã, no dia 20 de novembro, às 17 horas.

Trata-se da décima edição deste espetáculo de acordeão, promovido pelo Município da Sertã, com o objetivo de homenagear a saudosa acordeonista Eugénia Lima e promover o acordeão, instrumento típico da Música Popular Portuguesa.

A décima edição marca o regresso desta iniciativa, após o interregno motivado pela pandemia.

Com apresentação de Graça Freitas, o programa desta décima edição regista a participação de David Antunes, Vasco Miguel, José Cláudio, Catarina Brilha, João de Castro, Emanuel Soares, Luís Mira, João Gentil e Marcos Press.

O concerto apresentará um reportório diversificado com temas nacionais e estrangeiros, percorrendo diversos estilos musicais e enaltecendo a qualidade e versatilidade do acordeão e perpetuando o legado da eterna “Diva do Acordeão”.

A entrada é gratuita mediante apresentação de bilhete, que poderá ser levantado a partir de 7 de novembro, na Casa da Cultura da Sertã.

Poderão ser feitas reservas presencialmente ou pelo telefone 274600326.

Refira-se que as reservas são válidas apenas até meia hora antes do início do espetáculo.

Nascida em Castelo Branco em 1926, Eugénia Lima iniciou a sua vida artística aos quatro anos no Teatro Vaz Preto em Castelo Branco.

Ao longo da sua carreira fez vários espetáculos, quer em Portugal, quer no estrangeiro, passando ainda pela televisão.

Diplomada com o Curso Superior de Acordeão (categoria de professora) pelo Conservatório de Acordeão de Paris, Eugénia Lima fundou a Orquestra Típica Albicastrense, gravou inúmeros discos e compôs temas para vários artistas consagrados.

Foi agraciada com diversos prémios e distinções, de onde se destacam o “Óscar da Imprensa” (1962), “Dama da Ordem Militar de Santiago da Espada” (1980), Diploma Honorífico atribuído pela União Nacional dos Acordeonistas de França (1984), “Mérito Cultural” (1986) e “Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique” (1995).

Faleceu a 4 de abril de 2014.

 

 

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: