7.1 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Dezembro 1, 2022
No menu items!
InícioRegionalIniciativa desmitificou e rastreou daltonismo nas escolas do concelho da Sertã

Iniciativa desmitificou e rastreou daltonismo nas escolas do concelho da Sertã

O daltonismo foi a tónica dominante de diversas atividades realizadas junto de alunos do terceiro ano do Agrupamento de Escolas da Sertã, integradas no “Programa ColorADD nas Escolas do Médio Tejo”.

A iniciativa decorreu no início de novembro e foi dinamizada pela Associação ColorADD Social, no âmbito do plano de ação do Projeto Bússola, uma parceria entre o Município da Sertã e os estabelecimentos de ensino do concelho.

Este programa inclusivo e de forte impacto social está a ser realizado um pouco por todo o país, com especial enfoque nas escolas da região do Médio Tejo, resultando da parceria com a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), envolvendo um total de cerca de 2 mil crianças do 3.º ano de escolaridade do 1.º Ciclo do Ensino Básico.

A ação desenvolvida junto de todos os alunos do 3.º ano do Agrupamento de Escolas da Sertã foi composta por três atividades distintas realizadas no espaço-escola.

Durante o “Programa ColorADD nas Escolas do Médio Tejo”

Tendo como foco a comunidade escolar, decorreu uma ação de sensibilização sobre daltonismo, os seus constrangimentos e consequências no dia-a-dia.

“Ver e Sentir as Cores” foi a atividade realizada com os alunos, que lhes permitiu experienciar o que é ver o mundo pelos olhos de um daltónico e sentir as dificuldades e constrangimentos que daí advém.

Por fim, foi feito um rastreio precoce do daltonismo e, por forma a optimizar sinergias, em simultâneo decorreu um rastreio de acuidade visual por profissionais locais.

A cada um dos alunos participantes nas atividades foi oferecido material escolar didático com o código ColorADD, com o propósito de “ensinar” aquela ferramenta universal, ao mesmo tempo que possibilitou que, durante a realização das ações do “Programa ColorADD nas Escolas”, cada criança pudesse trabalhar com o seu material e contactar diretamente com esta linguagem universal e inclusiva.

No total, participaram nesta ação 154 alunos de nove turmas das sete escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas da Sertã: Escola Básica do Cabeçudo, Escola Básica do Castelo, Escola Básica da Cumeada, Escola Básica de Pedrógão Pequeno, Escola Básica São Nuno de Santa Maria de Cernache do Bonjardim, Escola Básica da Sertã e Escola Básica da Várzea dos Cavaleiros.

Para Cristina Nunes, Vereadora da Ação Social do Município da Sertã, “trata-se de uma iniciativa de inclusão social que é de enaltecer. A realização de sessões de sensibilização e rastreio junto dos alunos é fundamental para a deteção precoce do daltonismo e para a minimização do seu impacto na exclusão social no seio da comunidade escolar.”

A ColorADD.Social é uma associação sem fins lucrativos que se dedica a promover e potenciar a integração social do daltonismo, uma incapacidade ou diminuição da capacidade de ver a cor ou perceber as diferenças de cor em condições normais de iluminação, que afeta cerca de 350 milhões de pessoas em todo o mundo.

É em contexto escolar que se intensifica a relação com o meio e com o grupo de pares, surgindo também os primeiros constrangimentos e os primeiros sinais de rejeição e exclusão social, de que são exemplo o bullying, a baixa autoestima, e o insucesso escolar.

A missão deste projeto é especialmente direcionada para a comunidade escolar, contribuindo para uma escola inclusiva e assegurando às crianças daltónicas a acessibilidade à cor nas bibliotecas e salas de aula.

O Projeto Bússola, projeto de prevenção e intervenção em contexto escolar, é desenvolvido desde o ano letivo 2014/2015 no Agrupamento de Escolas da Sertã e, desde o ano letivo 2020/2021, também na Escola Tecnológica e Profissional da Sertã e no Instituto Vaz Serra, tendo em vista a criação de condições para a prevenção do abandono e a promoção do sucesso escolar.

O seu plano de ação, concebido numa lógica de multidisciplinaridade da intervenção junto da comunidade educativa, prevê um conjunto de ações de prevenção nas áreas da cidadania, igualdade de género, não discriminação e da prevenção da violência no namoro e da violência sexual, entre muitas outras.

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: