9.5 C
Castelo Branco
Domingo, Novembro 27, 2022
No menu items!
InícioNacionalObra de investigador da UC premiada pela Academia Portuguesa de História

Obra de investigador da UC premiada pela Academia Portuguesa de História

O livro “A arquitectura branca: os sanatórios para a tuberculose em Portugal”, da autoria de José Avelãs Nunes, investigador colaborador do Centro de Estudos Interdisciplinares (CEIS20) da Universidade de Coimbra (UC), foi distinguido com o prémio “Lusitania” da Academia Portuguesa de História, de 2022.

A obra – editada pela Sociedade Portuguesa de Pneumologia e By the Book – é o resultado da adaptação da tese de doutoramento de José Avelãs Nunes, na Universidade de Coimbra (sob orientação de José António Bandeirinha e Paulo Providência) – que também foi galardoada, com o Prémio Victor de Sá de História Contemporânea, em 2018.

José Avelãs Nunes

“O que nos contam os sanatórios, através das suas paredes? O que ouviram, durante décadas, aos seus médicos, arquitectos e doentes? Como se vivia, durante meses a fio, na esperança de uma cura? Que mãos desenharam a arquitectura para a “peste branca”? São, estas, algumas das questões que o livro propõe responder, levantando o véu a um século de história de um Portugal, que se queria são” – como é referido na contracapa da obra, que “utiliza um percurso histórico abrangente e ilustrado, com foco na história da arquitectura e na história da medicina, tendo o sanatório para a tuberculose como protagonista”.

O prémio vai ser entregue a 7 de dezembro, na sede da Academia Portuguesa de História, em Lisboa. Mais informações sobre estes galardões anuais estão disponíveis no endereço https://academiaportuguesadahistoria.gov.pt/wp/premios/.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: