9.5 C
Castelo Branco
Domingo, Novembro 27, 2022
No menu items!
InícioCulturaLançamento do livro “Cuéle - O Pássaro Troçador” de Jorge Arrimar na...

Lançamento do livro “Cuéle – O Pássaro Troçador” de Jorge Arrimar na UCCLA

Um romance histórico, que recria factos e pessoas do sudoeste angolano, é a nova obra do escritor Jorge Arrimar.

O lançamento de “Cuéle – O Pássaro Troçador” terá lugar no dia 28 de novembro, às 18h30, no auditório da UCCLA.

O livro, com a chancela da Guerra e Paz Editores, será apresentado por Tomás Lima Coelho.

A apresentação do livro será transmitida em direto através da página do Facebook da UCCLA em https://www.facebook.com/ UniaodasCidadesCapitaisLinguaPortuguesa


Sinopse de “Cuéle – O Pássaro Troçador”:

De meados do século XIX a finais do século XX, este romance histórico recria factos e pessoas do Sudoeste angolano, uns marcantes no espaço público, outros que apenas deixaram sinais nas famílias, memórias reforçadas por precários vestígios escritos ou conservadas apenas na oralidade.

António José de Almeida, um dos mais relevantes moradores do Humbe e da Chibia, nascido em Caconda (1856), surge como uma personagem marcante da narrativa, numa manobra que o autor classifica de resgate literário ao esquecimento. Este resgate estende-se a muitas personagens, umas mais ficcionadas do que outras, mas todas reais em algum momento, todas fictícias sempre, tanto moradores de povoações e vilas, como elementos das sociedades tradicionais. E é com o hamba Nande, do Cuanhama, que este livro se dá à leitura, numa viagem onírica que é, afinal, a condensação metafórica dum tempo em que esta narrativa se amarra.

Biografia:

Jorge Arrimar nasceu na Chibia, em Angola. Iniciou os seus estudos superiores, em Letras, na Universidade de Luanda, concluindo-os em Portugal.

Para além de trabalhos de história e de biblioteconomia, é autor de onze títulos de poesia e seis de ficção. Destaca-se a trilogia O Planalto dos Pássaros (2002), O Planalto do Salalé (2012) e O Planalto do Kissonde (2013), que foi objeto de apresentação pública e debate na I Conferência Pensar o Sudoeste, no Instituto Superior Politécnico Tundavala, no Lubango (2019). Está representado em diversas antologias e revistas literárias, nomeadamente, Eufeme (Portugal), Seixo Review (Canadá) e Zunái (Brasil).

Participou no cinema documental Ondyelwa – Festa da Chuva, da Óscar Gil Produções, como consultor no âmbito da história/etnografia da Huíla (2022).

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: