15 C
Castelo Branco
Sábado, Novembro 26, 2022
No menu items!
InícioNacionalVila Velha de Ródão acolheu 1ªs Jornadas "Cuidadores da Memória"

Vila Velha de Ródão acolheu 1ªs Jornadas “Cuidadores da Memória”

A celebração das primeiras jornadas “Cuidadores da Memória”, tiveram lugar em Vila Velha de Ródão, no passado dia 22 de novembro, numa organização coletiva entre ADRACES, Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, o CMCD e Academia Sénior de Vila Velha de Ródão.

O evento reuniu vários especialistas, designadamente, Lopes Marcelo, reconhecido investigador e promotor da salvaguarda da oralidade do nosso território, Hélder Ferreira, presidente da PROGESTUR, associação cultural para a afirmação da identidade cultural de Portugal, Mário Correia, presidente do Centro de Música Tradicional Sons da Terra, Hélder Rodrigues, professor no Agrupamento de Escolas de Vila Velha de Ródão, Graça Baptista, bibliotecária na Biblioteca Municipal José Baptista Martins, em Vila Velha de Ródão e Tom Hamilton, músico e investigador.

As jornadas permitiram dar a conhecer o projeto “Cuidadores da Memória”, onde a ADRACES, com o apoio e colaboração da Câmara Municipal, do CMCD e Academia Sénior de Vila Velha de Ródão, está a realizar um exaustivo trabalho de terreno que está a ser feito em todo o território para o levantamento dos traços da nossa oralidade junto da população e instituições locais da Beira Interior Sul.

Será este levantamento que irá gerar um estudo etnográfico que integrará todo o espólio gerado pelo trabalho de terreno, testemunhos e artigos de especialistas das áreas tratadas, a partir do qual serão gerados diversos produtos culturais para a valorização e divulgação do património estudado.

A Rede Cuidadores da Memória está a ser desenvolvida no terreno através da recolha, salvaguarda, interpretação e recriação do legado histórico e identitário do território, em particular no que se refere aos “alfabetos funcionais da oralidade popular“, através do testemunho e partilha de saberes e o “património sineiro” através do resgaste das memórias individuais e coletivas relativas ao património sineiro enquanto identidade destas terras.

O vice-Presidente da ADRACES e da Câmara de Vila Velha de Ródão, José Manuel Alves, salientou o trabalho em curso e os muitos e bons exemplos partilhados como forma de preservar, estudar, interpretar, registar e divulgar as nossas marcas identitárias.

Já, Ana Correia Marques, presidente do CMCD, articulou o interesse das populações locais e os atores de desenvolvimento para a importância do património imaterial como um dos pilares do desenvolvimento do território, valorizando os seus traços identitários.

Os participantes, neste espaço de partilha, tiveram ainda oportunidade de conhecer experiências desenvolvidas na Biblioteca Municipal José Baptista Martins e de ver e ouvir, Maria Isaura e Leonel Gomes, dois exímios tocadores de acordeão e de pedras, uma arte tão peculiar que muito contribui para a preservação da identidade no nosso território.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: