0.5 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
No menu items!
InícioRegionalMunicípio de Vila de Rei homenageou Rui Mateus Pereira atribuindo o seu...

Município de Vila de Rei homenageou Rui Mateus Pereira atribuindo o seu nome a rua

O Município de Vila de Rei realizou, na manhã do dia 27 de novembro, uma cerimónia de homenagem a título póstumo ao antropólogo Rui Mateus Pereira, figura importante e com papel fulcral na concretização do projeto da Biblioteca Municipal José Cardoso Pires.

A sessão teve lugar no auditório da Biblioteca Municipal e juntou largas dezenas de pessoas, entre familiares e amigos de Rui Mateus Pereira, entre os quais o Presidente do Município de Vila de Rei, Ricardo Aires.

Da mesa da cerimónia fizeram igualmente parte ilustres personalidades que conviveram a nível profissional e pessoal com o antropólogo e que, com as suas intervenções, deram a conhecer ainda melhor a pessoa de Rui Mateus Pereira.

Marcaram presença nesta iniciativa Inês Pedrosa, Francisco Faria Paulino, Paula Godinho, Eduardo Costa Dias, João Gabriel Isidoro, Marcelo Teixeira e Adolfo Ýañez Casal.

Após as homenagens, houve ainda espaço para o lançamento do livro ‘Conhecer para Dominar’, de Rui Mateus Pereira, por Paula Godinho.

O lançamento desta obra, bem como de toda esta cerimónia de homenagem, foi impulsionada por Teresa Rita Pereira, filha de Rui Mateus Pereira e antiga funcionária do Município de Vila de Rei, que prestou assim mais uma devida homenagem ao seu falecido pai.

Durante o seu discurso, o autarca Vilarregense referiu que “o Professor Rui Alberto Mateus Pereira tem fortes raízes no Concelho de Vila de Rei, onde atualmente ainda residem os seus pais, na aldeia da Seada. Desde tenra idade e durante toda a sua vida era assíduo nas visitas à sua terra, criando assim laços que o tornaram ainda mais Vilarregense. Foi assim uma pessoa muito dedicada à sua terra, às suas raízes e à sua família, aos pais Senhor Manuel Pereira e Senhora Maria Pereira, e à sua filha Teresa Rita Pereira

Deixou a Portugal e à comunidade científica internacional um trabalho de rara qualidade intelectual, difundido em múltiplos artigos em revistas científicas e livros académicos, e uma carreira notável e multifacetada no campo da Antropologia.

É, para nós Vilarregenses, motivo de orgulho falar do nosso conterrâneo Professor Rui Alberto Mateus Pereira, pelo contributo e o seu extraordinário empenho na concretização do projeto da Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, que sem o seu empenho não teria sido possível a conclusão deste projeto cultural.

Tem sido nosso propósito lembrar a pessoa e continuar a honrar a memória de um antropólogo, investigador de referência na história das ciências humanas em Portugal e Vilarregense. Assim, ainda em vida, foi-lhe dignamente atribuída a Medalha de Mérito Municipal de Vila de Rei, no ano de 2012, pelo seu empenho e dedicação em Vila de Rei.

Aproveito esta oportunidade para manifestar o público reconhecimento, e tendo em conta a Localização da Biblioteca Municipal, dada a sua importância para o povo Vilarregense decidiu o Município de Vila de Rei, dar à Rua da Biblioteca, o Seu Nome de forma a perpetuar e homenagear a sua ação e dedicação a Vila de Rei.”

A iniciativa terminou com o descerrar da placa toponímica da agora Rua Prof. Doutor Rui Mateus Pereira, rua onde se encontra a Biblioteca Municipal José Cardoso Pires e cujo papel do antropólogo foi de extrema importância na sua concretização.

Fundador da Associação Portuguesa de Antropologia, Rui Mateus Pereira é uma referência incontornável nos estudos sobre a Antropologia colonial em Portugal, tendo também dedicado parte da sua produção científica a temas como o racismo e a arte africana.

Além das vertentes pedagógicas e académicas, Rui Mateus Pereira desempenhou vários cargos públicos, em especial no âmbito cultural.

Foi, entre outros, Diretor Municipal de Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Diretor-geral do Instituto Português do Livro e das Bibliotecas ou Diretor de programação infantil e juvenil do Pavilhão de Portugal na Expo 98.

Na Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses foi Editor da revista Oceanos, tornando-a na revista cultural de referência. Na mesma Comissão criou a revista infanto-juvenil Na Crista da Onda.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: