9.1 C
Castelo Branco
Terça-feira, Janeiro 31, 2023
No menu items!
InícioNacionalPSD: Castelo Branco - Fundão - Vila Velha de Ródão

PSD: Castelo Branco – Fundão – Vila Velha de Ródão

O segundo dia por terras albicastrenses, começou com uma breve reunião entre Luís Montenegro e a imprensa local para a apresentação do programa previsto de mais uma semana do programa Sentir Portugal em…. Seguindo, tal como habitual, para a reunião da Comissão Política Permanente já no Fundão.

Antes do almoço, o presidente do partido socialista teve oportunidade de se aproximar da realidade empresarial do Fundão, numa visita rápida a uma empresa de madeiras local.

Uma das maiores da região, que aposta na construção de móveis e no ramo da construção civil com um espaço de 18000 metros quadrados de fábrica.

O almoço, com a Comissão Política Permanente presente no Distrito e autarcas locais, cumpriu o que se prevê para o programa com a partilha das conquistas e necessidades locais.

O presidente da Concelhia do PSD do Fundão tomou palavra afirmando que interior não é inferior e, como tal, tem de se fazer desta região uma região piloto que, apesar dos altos valores das portagens e da carência de serviços
públicos, como o caso dos transportes públicos, tem apresentado ótimos resultados no que toca ao seu desenvolvimento.

O Presidente social-democrata concordou e debateu a questão demográfica onde o mesmo tem ouvido tanto o país mas sente que o país não o ouve a ele.

Repete assim aquela que é uma das suas opiniões: o país tem de acolher e integrar imigrantes cada vez mais, acrescentando que este acolhimento tem de ser feito de modo estratégico e simbiótico, o que deverá ser feito o mais cedo possível, como por exemplo com as crianças em idade escolar.

Termina o intervalo de convívio com um elogio à região que contraria aquelas que são as crenças para as regiões interiores: desertas e sem desenvolvimento considerável.

A tarde tinha nos planos começar com um passeio de barco pelo rio Tejo, no entanto a chuva acabou por não o permitir.

Não obstante, Luís Montenegro prestou declarações aos jornalistas no mesmo local com o Tejo de pano de fundo, focando-se essencialmente no tema da saúde.

O líder da oposição afirma que há muito se tem alertado para o estado da saúde em Portugal e que, na sua generalidade, os serviços públicos têm-se vindo a degradar nos últimos anos.

Tudo isto se apresenta como uma consequência das opções do Governo por concentrar o Sistema Nacional de Saúde nas organizações públicas, o que leva a que muitas famílias procurem soluções em instituições privadas, algo nem sempre sustentável financeiramente.

Reforça ainda a ideia que o PSD tem defendido mais o SNS do que o PS e termina partilhando a opinião que, mesmo com o novo CEO da saúde já em funções, nada mudará se a política não mudar.

Antes do jantar, a equipa nacional teve oportunidade de se envolver um pouco mais no tecido empresarial no distrito visitando as instalações da The Navigator Company, no Complexo Industrial de Vila Velha de Ródão.

A empresa, que nestas instalações produz apenas o papel tipo tissue, vende atualmente para 130 países reservando cerca de 90% do seu produto para exportação.

Tendo o eucalipto como a sua principal matéria-prima, o maior receio da organização é que haja perda da mesma.

Ainda que mais de 80% da área ardida em Portugal não seja eucaliptal e o mesmo apenas representar 25% da floresta portuguesa, sentem que a perseguição ideológica à atividade configura um dos pontos de total atenção da empresa.

Transversalmente, também a energia se mostra aqui como inimigo no
desenvolvimento uma vez que a The Navigator Company viu o seu custo energético aumentar exponencialmente e, por parte do Governo, poucas medidas de facto eficazes.

Também aqui os problemas inerentes ao interior se fazem sentir: dificuldade
em fixar pessoas e escassez de mão de obra qualificada.

Sobre a primeira – fixação de pessoas -, Montenegro reforça o problema da pescadinha de rabo na boca onde é necessário que a economia funcione e as empresas gerem riqueza criando emprego,mas para atrair pessoas, do outro lado, é necessário atrair pessoas para que isso aconteça.

O dia terminou em Castelo Branco, num jantar informal com companheiros políticos que terminou na Assembleia Distrital, com um interregno para inauguração da Sede Distrital do PSD de Castelo Branco

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: