12.2 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Fevereiro 2, 2023
No menu items!
InícioInternacionalElon Musk e o paradigma empresarial

Elon Musk e o paradigma empresarial

Elon Musk dispensa apresentações – homem mais rico do mundo, líder de empresas de renome mundial como a Tesla, SpaceX e recentemente Twitter, está frequentemente nas bocas do mundo.

Os grandes líderes são muitas vezes pouco convencionais nas suas abordagens, mas a verdade é que são exatamente as formas disruptivas de pensar que os tornam mentes brilhantes e capazes de criar impacto na história.

Musk não é exceção, pioneiro em muitas coisas como visualizar a exploração espacial privada, o empresário cinquentão que aos dez anos gostava de fazer experiências e pequenos foguetes e que agora se diverte a tentar revolucionar o transporte aeroespacial, agita novamente o mundo ao mudar o paradigma empresarial de forma radical.

Deixar de contratar para crescer

Não há empreendedor que não deseje ver a sua empresa crescer. Enquanto durante anos a ideia de crescimento era aumentar o número de funcionários, atualmente sabe-se que isso não é necessariamente verdade e crescimento tem muito mais que ver com aumento da margem bruta.

Isto significa que a ideia que até recentemente trazia ideia de solidez, como um escritório cheio de colaboradores tem sido substituída pelo conceito de globalidade em muitas empresas, nomeadamente Agência SEO, ou empresas de tradução, por exemplo, que ao invés de contarem com todos os profissionais no escritório optam por contar com colaboradores nos quatro cantos do mundo que colaboram sempre que necessário com aquela empresa.

Além de poderem contar com talentos em qualquer parte do mundo e não apenas com talentos locais, as empresas deixam de ter a necessidade de ter despesas relacionadas com a contratação dos funcionários que passam a colaborar em regime de freelancer.

No caso específico de Elon, uma vez que parece ser um acérrimo defensor do trabalho presencial, já demonstrando por diversas vezes ser contra o teletrabalho, a ideia por detrás de tantos despedimentos estará relacionada com a diminuição de custos, tal como já afirmou que o irá fazer não só no recentemente adquirido Twitter, mas também na Tesla, desta vez por mau pressentimento acerca da economia.

A questão central que importa reter é que por vezes a contratação de funcionários terá de ser refreada para que o crescimento da empresa seja sustentável e ainda que Elon Musk não, seja grande fã do teletrabalho, a verdade é que este veio mudar o paradigma de trabalho atual.

A importância da globalização

Se há uma década o trabalho remoto era quase inexistente, os acontecimentos globais e a própria globalização vieram revolucionar como trabalhamos. Atualmente ter reuniões via ZOOM, ou trabalhar com membros de equipas dos quatro cantos do mundo, muitos cujas caras nunca vimos, é habitual e oferece às empresas de vários setores uma maior competitividade no mercado global.

Na verdade, outra mudança é a inclusão do modelo híbrido de trabalho, onde os funcionários apenas se deslocam ao local de trabalho alguns dias por semana, enquanto os outros trabalham a partir de casa. Este modelo de trabalho é adotado por grandes empresas multinacionais como a Fujitsu, ou a Google e permite que os trabalhadores possam não só trabalhar em qualquer lugar como ainda proporciona um melhor equilíbrio dos níveis de stress.

Esta mudança de paradigma permite ainda a captação de talentos ao nível global, algo que cada vez faz mais sentido numa sociedade em que algumas empresas lutam por conseguir preencher todos os postos de trabalho.

O trabalho remoto é no fundo, uma ótima ferramenta para conseguir atrair talentos altamente qualificados independentemente de onde se encontram, enquanto as empresas passam a ter oportunidade de reinventarem os espaços de trabalho, tornando-os mais atuais e eficientes.

Apesar de Elon Musk não parecer ver as vantagens do trabalho remoto, como fã das tecnologias, provavelmente terá mais tarde ou mais cedo que ceder às evidências deste modelo de trabalho.

 

 

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: