7.9 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Dezembro 6, 2023
No menu items!
InícioNacionalMovimento reconhece, pela terceira vez, autarquias com projetos na área dos cuidados...

Movimento reconhece, pela terceira vez, autarquias com projetos na área dos cuidados informais

CANDIDATURAS DECORREM ATÉ DIA 17 DE NOVEMBRO

O projeto, que apresenta agora a 3.ª edição, visa reconhecer os municípios e freguesias que contribuem para melhorar a vida de quem cuida.

Ajudar os cuidadores informais é a primeira e principal missão do Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais, uma iniciativa que conta com o apoio institucional da Merck e que acaba de lançar, no âmbito deste objetivo, a 3.ª edição da Rede de Autarquias que Cuidam dos Cuidadores Informais (RACCI).

Trata-se de um projeto que reconhece, através da atribuição de um selo digital de mérito, os municípios e as freguesias do território nacional português que adotem as melhores práticas e as medidas de apoio em benefício dos cuidadores informais.

A 3.ª edição da RACCI arranca agora e as inscrições decorrem até 17 de novembro de 2023.

Os candidatos devem submeter a candidatura através do formulário criado para o efeito no site do Movimento.

As práticas e medidas a concurso podem ser diferentes na sua forma ou aplicação, tendo o mesmo fio condutor: facilitar a vida aos milhares de cuidadores informais que, em Portugal, desempenham uma tarefa nem sempre reconhecida e cujos apoios para tal, de acordo com o mais recente inquérito nacional, não são suficientes.

Ao todo, 81,3% dos mais de mil inquiridos no estudo divulgado pelo Movimento confirmam isso mesmo, reforçando a necessidade de auxílio na prestação de cuidados (46,9%), apoio financeiro (39,6%) e apoio psicológico (13,5%).

Todos os municípios e freguesias estão, por isso, convidados a participar, sendo atribuído o selo digital de mérito aos que obtiverem as melhores avaliações globais, numa escala de 1 a 5, por aplicação de critérios como: práticas inclusivas, medidas de apoio, respostas sociais, dinamização ou financiamento de projetos, existência de recursos humanos dedicados aos cuidadores informais ou inovação/importância estratégica para estes cuidadores.

Os vencedores vão receber o selo em formato digital, tal como os restantes elementos visuais da iniciativa RACCI, para que possam divulgar a distinção nos seus canais de comunicação.

O júri é composto por um grupo de representantes das associações que compõem o Movimento e que as avaliaram.

Na primeira edição da iniciativa, realizada em 2021-2022, o Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais recebeu 50 candidaturas, das quais 24 foram reconhecidas com o selo RACCI.

No segundo ano da iniciativa, em 2022-2023 foram recebidas 54 candidaturas e reconhecidas 42.

Ver lista completa das autarquias que receberam o selo: https:// movimentocuidadoresinformais.pt/

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d