28.9 C
Castelo Branco
Domingo, Junho 13, 2021
No menu items!
InícioCulturaCentro Pompidou em Paris vai incorporar duas obras de Rui Chafes

Centro Pompidou em Paris vai incorporar duas obras de Rui Chafes

O Centro Pompidou, em Paris, vai ter duas obras de Rui Chafes que vão ser apresentadas no dia em que o escultor inaugura, na delegação francesa da Fundação Calouste Gulbenkian, uma exposição com obras de Alberto Giacometti.
A 1 de outubro, as esculturas “Carne Invisível” e “Carne Misteriosa” (2013) vão ser apresentadas e expostas no seio da coleção permanente do Musée National d’Art Moderne, na sala 32, graças a uma doação anónima que leva, pela primeira vez, obras de Rui Chafes para o Pompidou.
As obras tinham sido mostradas em Paris, em 2017, na Galerie Mendes, no âmbito do projeto Lusoscopia do Instituto Camões em França, quando o galerista Philippe Mendes deu ao escultor português ‘carta branca’ para expor trabalhos no meio de pinturas dos séculos XVI e XVII.
Também a 1 de outubro, a Gulbenkian de Paris vai inaugurar, a exposição “Gris, Vide, Cris”, com obras de Rui Chafes e Alberto Giacometti que estará patente ao público de 03 de outubro a 16 de dezembro.
A mostra pretende “proporcionar um encontro” entre o artista suíço, que morreu em 1966, e o artista português, que nasceu em 1966, e vai contar com 11 esculturas e quatro desenhos de Alberto Giacometti, tendo todas as esculturas de Rui Chafes – exceto uma – sido concebidas para este projeto.
“Achei que havia muitos pontos de encontro, sobretudo imateriais, entre a obra de Giacometti e de Rui Chafes. É uma ideia não de um diálogo mas, sobretudo, proporcionar um encontro”, disse à agência Lusa, em janeiro, Helena de Freitas, a comissária da exposição.
O projeto desenvolveu-se a partir de uma pesquisa sobre o léxico comum aos artistas, como a intemporalidade, a desmaterialização e o vazio que são conceitos “que eles desenvolvem de uma forma material muito diferente em tempos diferentes”, o que pode transformar o projeto em algo “luminoso”, de acordo com a curadora que, em 2016, comissariou a retrospetiva de Amadeo de Souza Cardoso, no Grand Palais, em Paris.
*Lusa / Foto: PAULO CUNHA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: